domingo, 29 de novembro de 2009

Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas...

     As informações abaixo orientam os pais na "arte" de ensinar aos seus filhos a usar o penico. Converse com o pediatra sobre essa etapa importante do desenvolvimento.




Título: Your Child's Health
Autor: BARTON D. SCHMITT
Editora: BANTAM BOOKS, 1999

     Como Usar o Banheiro: Princípios Básicos
     Definição
    Seu filho terá aprendido a usar o banheiro quando, sem ninguém lembrar, for ao vaso sanitário, despir-se, urinar ou defecar e vestir a roupa. Algumas crianças aprenderão a controlar primeiro a bexiga, outros iniciarão primeiro o controle dos intestinos. É possível realizar simultaneamente o treinamento para ambos os tipos de controle. O controle da bexiga durante a noite geralmente começa alguns anos após o controle diurno. O método gradual de ensinar a usar o banheiro descrito aqui geralmente pode ser concluído em um período de 2 semanas a 2 meses.

     Sinais de que seu filho está pronto para aprender a usar o banheiro
     Não inicie o treinamento até que esteja claro que seu filho está pronto. A criança estar preparada não é algo que ocorre espontaneamente; requer conceitos e habilidades que você pode começar a ensinar a seu filho a partir dos 12 meses de idade. Pode ser útil ler para seu filho livros especiais sobre como usar o banheiro. Quase todas as crianças podem estar preparadas para aprender a usar o banheiro aos 2 anos de idade e algumas estão preparadas aos 18 meses. Quando seu filho tiver 3 anos de idade, provavelmente terá aprendido a controlar-se sozinho. Os seguintes sinais indicam que seu filho está pronto para aprender:
- Seu filho entende o que quer dizer "xixi", "cocô", "seco", "molhado", "limpo", "sujo" e "peniquinho" (ensine para ele essas palavras).
- Seu filho entende para que serve o peniquinho. Ensine isso deixando-o observar os pais, seus irmãos maiores e outras crianças que tenham mais ou menos a mesma idade dele enquanto usam o banheiro corretamente.
- Seu filho prefere as fraldas limpas e secas. Troque-o frequentemente para fomentar essa preferência.
- Seu filho gosta que o troquem. Tão logo ele começe a andar, ensine-o que vá até você imediatamente quando estiver molhado ou sujo. Elogie-o por ir até você para que o troque.
- Seu filho entende a relação entre as calças secas e o uso do peniquinho.
- Seu filho pode reconhecer a sensação da bexiga cheia e a necessidade de defecar, quer dizer, caminha de um lado para outro, dá pulos, põe as mãos sobre os genitais, tira as calças, se senta com as pernas encolhidas. Ajude-o a entender estes sinais: "seu corpo quer fazer xixi ou cocô; ele precisa de sua ajuda". Ensine-o a procurá-la nestes casos.
- Seu filho tem a capacidade de adiar um pouco o ato de urinar ou defecar. Pode ser que se afaste um pouco e volte molhado ou sujo, ou pode ser que acorde seco.

     Método para ensinar seu filho para usar o banheiro
     A forma de ensinar a seu filho a usar o banheiro consiste em proporcionar-lhe estímulo e elogio, seja paciente e faça com que o processo se torne divertido. Evite qualquer pressão ou castigo. Seu filho deve sentir que ele controla o processo.

1. Compre o que for necessário:
- Cadeira com peniquinho (do tipo ao nível do chão). Se os pés alcançam o piso quando estiver sentado no peniquinho, seu filho pode fazer força e ainda ter sensação de segurança. Ele também pode sentar e levantar sempre que quiser.
- Suas guloseimas favoritas (tais como saladas de frutas, biscoitos salgados e doces) podem ser usadas como recompensas.
- Figurinhas ou estrelas adesivas como prêmios.

2. Faça com que a cadeira do peniquinho seja uma das posses favoritas de seu filho
Várias semanas antes de começar a ensinar seu filho a usar o banheiro, leve-o com você para comprar a cadeira com penico. Esclareça para ele que esta é sua própria cadeirinha especial. A criança pode ajudar a por seu nome na cadeira. Deixe que a criança decore a cadeira ou mesmo que a pinte de cor diferente. A seguir, faça com que se sente nela totalmente vestido até que se sinta cômodo utilizando-a como assento. Faça-o sentar-se na cadeira enquanto assiste televisão, toma algum lanche, entretém-se com algum brinquedo ou enquanto olha algum livro. Mantenha a cadeira em um quarto onde seu filho brinca sempre. Só após seu filho ter claramente uma preferência pela cadeira com penico (após pelo menos 1 semana), começe a ensinar-lhe a usá-la como deve.

3. Estimule os períodos de prática com o penico
Faça um ensaio prático a cada vez que seu filho der um sinal que pareça ameaçar uma evacuação ou micção, tais como sons ou expressões faciais, grunhidos, pôr as mãos sobre os genitais, tirar as calças, andar de um lado para outro, sentar-se de cócoras, contorcer-se ou soltar gases. Outras boas ocasiões são após as sestas ou 20 minutos após as refeições. Diga para ele, de forma estimuladora: "o cocô (ou xixi) quer sair; vamos usar o peniquinho". Cuide para que vá até o penico e sente- se sem calças ou fraldas. A seguir, você pode dizer para a criança: "faça o xixi no peniquinho". Se seu filho não quiser colaborar, incentive-o a sentar-se sobre o penico fazendo algo divertido, como por exemplo, ler uma história. Se seu filho quiser levantar-se após um minuto que o esteja incentivando, permita que faça isso. Nunca o obrigue a permanecer sentado. Nunca o force fisicamente a ficar sentado no penico nem o intimide com chinelos ou correias. Mesmo que seu filho pareça gostar de ficar sentado ali, termine cada sessão após 5 minutos a não ser que esteja obtendo resultado.

4. Elogie ou recompense seu filho por sua cooperação ou por qualquer êxito
Toda a cooperação de seu filho nestas sessões práticas deve ser elogiada. Se seu filho urinar no peniquinho, você pode recompensá-lo com alguma guloseima ou figurinha, assim como com elogios e abraços. Mesmo que para algumas crianças o fato de ter conseguido já é suficiente, outras necessitam de algum prêmio para continuar progredindo. As grandes recompensas (como ir tomar um sorvete) devem ser reservadas para quando seu filho for para o penico sozinho e utilize-o, ou quando ele disser para você que quer ir ao penico e use-o com êxito. Após seu filho estar usando o penico por si só, as sessões de treinamento podem ser suspensas. Durante a semana seguinte, continue elogiando a criança freqüentemente por estar seco e por usar o peniquinho. As sessões de prática e os lembretes não devem ser necessários por mais de 1 ou 2 meses.

5. Troque seu filho após os "acidentes"
Troque seu filho tão logo seja possível, mas mostre-se compreensiva. Diga a ele algo como "você queria fazer xixi no penico, mas fez na roupa; sei que incomoda porque gosta de ficar seco - logo melhorará". Se você sentir necessidade de criticar, limite a crítica a uma leve desaprovação verbal e use-a em raras ocasiões (por exemplo, "as crianças grandes não fazem xixi nas calças", ou mencione o nome de outra criança que seu filho gosta e que já sabe usar o banheiro); a seguir, troque a fralda ou coloque calças plásticas de forma tão prazerosa quanto possível e sem irritar-se. Evite o castigo físico, os gritos e os resmungos. A pressão ou a força podem fazer com que uma criança de 2 anos de idade deixe de cooperar completamente. Não mantenha seu filho molhado ou sujo como forma de castigo.

6. Vista seu filho com calções após começar a usar o peniquinho
Troque as fraldas por calções após seu filho começar usar o penico e fazer aproximadamente metade de suas micções e defecações nele. Seu filho decididamente estará pronto para usar calções de treinamento se chamá-la para o ajudá-lo a retirar a fralda para usar o penico. Leve seu filho com você para comprar os calções e converta isto em recompensa por causa de seu êxito. Compre calções frouxos que seu filho possa retirar e colocar facilmente sem ajuda. Uma vez que ele começe a usar estes calções, use fraldas apenas quando ele for tirar uma soneca e durante a noite.

271 comentários:

  1. A maioria das dicas são boas, porém não sei se recompensas são válidas nesse processo, uma vez que a recompensa é o próprio sucesso da criança no desfralde.

    Quanto a criticar ou compará-la com outra criança, acho extremamente prejudicial para a autoestima. Prefiro que faça xixi nas fraldas a repreendê-la ou compará-la com quem quer que seja por não conseguir se controlar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que as coisas tem que ser feitas com limites, não podemos recompensar sempre, e também não ficar toda hora comparando com outra criança, mas tudo é valido

      Excluir
  2. concordo contigo alessandra! meu filho teve muitos acidentes, mes nunca foi castigado e agora ele tem 4 anos e ja nao tem nenhum acidente
    BEIJÃO!!!!

    ResponderExcluir
  3. o meu filho faz xixi no penico desde os 2 anos agora tem 3 mas nao consigo ke faça o coco sem ser na fralda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o meu está com 3 anos menina e não quer saber de ir no penico,não sei mas o que faço!!

      Excluir
  4. Antes dos 4 anos de idade, é comum a criança aceitar apenas a fralda como local para evacuação (mesmo que já utilize o penico para fazer xixi). Sugestão: antes de cada refeição, deixe seu filho apenas de cueca; minutos após ter comido, leve-o para o penico e fique com ele até, no máximo, 5 minutos. Nesse período, conte uma história sobre "uma criança que não conseguia fazer cocô no penico, mas, com a ajuda do papai e da mamãe, conseguiu vencer o medo, e todos foram felizes para sempre". Tal procedimento deverá ser repetido por, no mínimo, 3 vezes ao dia (café da manhã, almoço e jantar).
    Sugiro, também, que a criança seja avaliada pelo seu pediatra (rotina - evitar pronto-socorro) para tratar sobre dieta e saúde física / mental.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você conhece alguma história pronta sobre o assunto?

      Excluir
    2. Conheço, sim. Indico o livro "Tirar a Fralda Sem Choro e Sem Trauma", de Paula Kelly e Warner Penny, da editora Ground, 1a. edição (2008).

      Excluir
  5. meu entiado tem 5 anos e nao consegue fazer coco no banheiro nem no peniquinho ele diz que simplimente nao consegue.O xixi ele faz tranquilamente mas coco ele se isola e fica um tempo ali depois aparece todo sem graça sem coragem para pedir pra trocar mas a gente conhece e até pelo cheiro .Ele sabe que deve usar o banheiro mas nao consegue e sofre muito com isso.
    Ele nao mora com o pai e des de bem pequeno foi ensinado pela mae que quando fosse visitar o pai nao deixasse ninguem troca-lo nem a avó (eu nao era casada com o pai dele)entao nas visitas o coitado do menino ficava sujo a tarde toda esperando pelo pai.Os pais dele se divorciaram quando ele tinha 2 aninhos será que isso interfere?

    ResponderExcluir
  6. Quando uma criança evacua em locais inadequados, a partir dos 4 anos, por pelo menos 3 meses, pode ser em virtude de ENCOPRESE.

    Pelo seu relato, há indícios de treinamento inadequado dos esfíncteres (ficar com a fralda suja até que o pai chegasse, por exemplo). Também, a separação dos pais na fase de treinamento de esfíncteres de uma criança pode abalá-la bastante.

    Sugiro uma conversa descontraída com a criança (durante uma brincadeira, por exemplo). Explique a ela que é comum crianças passarem por esse tipo de situação, mas, que podem ficar "boas". Após as refeições principais (café da manhã, almoço e jantar - o reflexo de fazer cocô é maior), leve-o ao banheiro, mesmo que ele diga não sentir vontade, e fique com ele por, no máximo, 5 minutos. Conte alguma historinha no período; é importante, também, que ele encoste os pés no chão (uma caixa é uma alternativa).

    Marcar consulta com pediatra é indispensável para descartar algum problema clínico. Caso o profissional suspeite que questões psicossociais possam estar prejudicando o garoto, sugiro encaminhamento para psiquiatra da infância e adolescência.

    ResponderExcluir
  7. obrigado pelo esclarecimento.A mae do menino já teve com ele essa conversa descontraída e já o levou ao médico que a aconselhou coloca-lo pra dormir no quarto dele já que des de a separaçao o menino dormia com ela.A mae dele o incentiva a ir ao banheiro e fica com ele mas nao adianta ele se sente pressionado e fica se segurando por dias até que ela desistiu e o deixou fazer na roupa mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Fique à vontade. A mãe, caso tenha interesse, poderá entrar em contato comigo, via blog.

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Bruno, tenho uma filha de 3 anos e 3 meses que já possui controle dos esfíncteres e urina normalmente no vaso sanitário com a ajuda da tampa redutora, porém não consegue sentar para fazer cocô. Ela fica em pé e acaba "apertando " as pernas e faz retenção voluntária das fezes, ela não fica abaixada para fazer cocô nem mesmo nas fraldas. Eu e meu marido somos médicos e já nos certificamos com a pediatra dela de que não existe nenhum problemaorgânico. Já tentei contar histórias, brincar de massa de modelar e até mesmo procurar vídeos no you tube e mostrar outras crianças usando o banheiro. Moramos no RS e não temos um psiquiatra infantil na nossa cidade, por isso estou utilizando todo meu conhecimento para tentar resolver o problema. Confesso que estou um pouco ansiosa... não sei se você tem alguma dica ou bibliografia, livro infantil ou até mesmo algum desenho animado infantil que possa ajudar a minha filha.Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha filha tem 3 anos e meio, e tbm faz a mesma coisa. Ela nao se abaixa pra fazer coco, nem senta no penico ou no vazo. E quando convidamos-a para ir ao penico é um escandalo, chora, esperneia, ate colocarmos a fralda.. Ai faz, mas em pé. O que faço?

      Excluir
    2. Olá, Tha.

      Sugiro que você veja uma análise crítica que fiz acerca dessa postagem; está entre as mais recentes do site. Nela, você encontrará 2 vídeos que auxiliaram, e muito, no desfralde da minha filha. Creio que o adaptador de vaso sanitário, para quem não está adaptado ao penico, é uma ótima alternativa.

      Procure o pediatra da sua filha, também, para descartar erros na técnica de desfralde ou algum problema (orgânico / emocional) que porventura estejam atrapalhando sua garota.

      Excluir
    3. Bruno, tem como vc me passar esses vídeos pois eu não encontrei. Desde já te agradeço!

      Excluir
  10. Olá.

    Como sua filha ainda não tem 4 anos, não sofre de encoprese. Entretanto, como a mesma promove retenção voluntária das fezes, deve apresentar constipação - há associação de extravasamento de fezes líquidas?
    Segundo Edwin J. Mikkelsen (Lewis’s Child and Adolescent Psychiatry: A Comprehensive Textbook
    4th Edition), há a necessidade de uma reunião inicial para educar os pais e crianças sobre a função do intestino e para "dissipar" a tensão psicológica que comumente desenvolve-se no seio familiar. Essa intervenção educacional e psicológica é seguida por uma catarse inicial do intestino (doses diárias de óleo mineral é a minha sugestão).
    O componente comportamental para o tratamento consiste em intervalos de tempo diário no banheiro (após as grandes refeições: café, almoço e jantar - máximo de 5 minutos) com recompensas para o sucesso.
    Dieta balanceada e rica em fibras são grandes auxiliares.
    Se quiser enviar e-mail, poderei enviar bibliografia sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Tenho uma irmã de 2 anos e dois meses, e o prblema é que toda vez que vamos sentar ela no troninho ela começa o chorar e acaba "travando", não consegue fazer xixi. Mas quando ela está de calcinha e andando pela casa ou brincando, chega uma hora que ela faz. Não sabemos mais o que fazer para que ela sente no troninho sem dar escandalo.
    Quando ela está de roupa e brincando com o troninho ela nem liga,o problema é quando ela percebe que está começando a fazer xixi, porque dai ela para e parece que fica com medo, e se insistimos para ela ficar sentada começa a gritaria e o choro.
    O que fazemos ??

    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  12. Olá, Letícia.

    Há crianças que têm receio de fazer xixi no troninho caso tenham experimentado episódio de evacuação dolorosa. Então, fazer xixi traz à memória experiência temida. A princípio, sugiro avaliação pediátrica para descartar causas orgânicas de constipação.

    Caso a dificuldade seja exclusiva para controle do xixi, recomendo a revisão do treinamento de esfíncteres. Paciência da parte dos pais e cuidadores é fundamental.

    ResponderExcluir
  13. olá li tudo sobre o assunto e comentarios adorei, minha filha fez 1 ano e ja estou encentivando a usar o piniquinho. caso tenha alguma ideia a passar estou disposta a fazer.

    ResponderExcluir
  14. Obrigado por ter gostado da matéria. Caso haja dúvidas acerca das orientações acima, aguardarei mensagem para colaborar com alguma ajuda.

    ResponderExcluir
  15. MEU FILHO TEM 2 ANOS E 3 MESES,COMECEI O TREINAMENTO HÁ UM MÊS, XIXI ELE JÁ FAZ SOZINHO MAS ELE NÃO CONSEGUE ABAIXAR E NEM LEVANTAR A ROUPA, COMO ESTÁ CALOR GERALMENTE O DEIXO SEM A PARTE DE BAIXO DA ROUPA, PRINCIPALMENTE QUANDO ELE QUER FAZER COCO, ELE ANDA DE UM LADO PRO OUTRO,SOLTA GAZES,PULA E SEGURA O PIPI, SENTA VARIAS VEZES NO PENICO E LEVANTA, PERCEBEMOS QUE ELE FICA COM MEDO DE FAZER COCO,NÃO TEM PACIÊNCIA DE FICAR SENTADO,MAS ELOGIAMOS ,CANTAMOS E DANÇAMOS COM ELE ANTES E PRINCIPALMENTE DEPOIS QUANDO ELE CONSEGUE.eLE FEZ COCO UMA VEZ NO PENICO, POIS ELE IA E VOLTADA DO BANHEIRO SOZINHO ATÉ QUE ELE AVISOU QUE TINHA FEITO, CANTAMOS MUITO E DEMOS UM CARRINHO PRA ELE, NO DIA SEGUINTE ELE NÃO FEZ COCO, SOMENTE NO OUTRO DIA NO MESMO RITUAL,PORÉM NÃO DEU TEMPO E ELE ACABOU FAZENDO BEM PERTO DO PENICO, ELOGIAMOS A TENTATIVA, MAS INFORMAMOS QUE O CARRINHO ELE SÓ GANHA QUANDO FIZER NO PINICO, ESTAMOS AGINDO CERTO?SOU PEDAGOGA E TENHO MEDO QUE ELE TENHA MAIORES DIFICULDADES.E O QUE DEVO FAZER CASO O VEJA MANIPULANDO AS VEZES?ESPERO QUE ME AJUDE.GRATA JOICE.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Joice.

    Você está indo muito bem no treinamento do seu filho; parabéns!

    O ritual feito por ele mostra que o mesmo reconhece a vontade de fazer xixi e cocô; aproveite esses momentos e mostre a ele onde fica o penico.

    Sugiro que ele não saiba qual "prêmio" ganhará ao conseguir êxito no penico. Os grandes prêmios, como o carrinho, poderá ser entregue ao seu filho quando ele for sozinho ao penico ou quando ele pedir para ir e obtiver bons resultados.

    Creio que o resumo no início da postagem poderá ajudá-la.

    ResponderExcluir
  17. Oi Brunno...espero que possa me ajudar....
    Meu menino tem 2 anos e 4 meses e ha 3 meses consegui iniciá-lo no penico. Foi até que fácil pq ele já tinha intimidade com o penico. Na verdade iniciei deixá-lo sentado sem fraldas. Pra minha surpresa ele aceitou super rápido, em duas semanas pedia pra fazer tudo no penico, já estava acordando sequinho e acordava na madrugada pra pedir para levá-lo ao banheiro, estava já pendendo até em tirar as fraldas da noite. De repente a aproximadamente duas semanas, ele não faz mais coco no penico e algumas vezes escapa até o xixi. Não estou entendendo, não modifiquei nada, nem alimentação, nem a festa por ele estar correto. Isso é normal? Como devo agir agora?

    Obrigada,

    ResponderExcluir
  18. Desculpe "ressucitar" o tópico, mas acho que talvez poderá me ajudar no meu problema, que nenhum médico conseguiu.

    Meu filho está com 5 anos e sempre q estamos de férias e vamos pra casa dos avós ele começa a fazer xixi de 1 em 1 minuto. como se fosse infecção urinária... acaba de sair do banheiro e ja volta apertado e faz apenas 1 gotinha, e isso se repete várias e várias vezes. Ja fez exame de sangue, de urina e nada deu errado, dizem ser psicológico. Ele adora vir pra casa dos avós, fica pedindo, se diverte muuuito, o que posso fazer para amenizar o problema?

    Obrigada

    ResponderExcluir
  19. Olá, Carla e Débora.

    Começando com a Carla - a "recaída" não é incomum na fase de treinamento de esfíncteres; considerando que não há fatores desencadeantes, sugiro retomar o treinamento do ZERO. Antes de cada refeição, deixe seu filho apenas de cueca; minutos após ter comido, leve-o para o penico e fique com ele até, no máximo, 5 minutos. Caso não haja melhora, sugiro marcar consulta com o pediatra da criança (evite o pronto-socorro).

    Débora, a questão trazida por você ocorre em situação pontual (férias com os avós); a impressão que passa é a de que ele quer aproveitar tanto o tempo de diversão que a ansiedade o atrapalha a esvaziar a bexiga completamente. Seu garoto é ansioso ou tem algum comportamento peculiar? Em caso afirmativo, converse a respeito com o pediatra que o acompanha; talvez, ele julgue que a questão é merecedora de avaliação psiquiátrica especializada (não creio que o seja, a princípio).

    ResponderExcluir
  20. Olá Bruno, obrigada pela resposta.

    Meu filho é ansioso demais mesmo, ja faz acompanhamento com psicólogo na minha cidade de tanto q rói unhas. Como estou fora da minha cidade (férias), os pediatras daqui não me ajudaram muito... =[

    ResponderExcluir
  21. Oi, Débora.

    Caso a ansiedade do seu filho atrapalhe o dia-a-dia dele, creio que seria prudente um atendimento por psiquiatra da infância e adolescência em Minas Gerais (Belo Horizonte, por exemplo).

    ResponderExcluir
  22. ontem eu resolvi testar uma 'intuição'... e disse a ele q comprei um remédio excelente pra resolver o lance do xixi, e tenho dado então mel, como se fosse o remédio.... e tenho notado q diminuiu bastante as idas ao banheiro.... vou reparar se continuará... obrigada pela atenção e dicas.

    ResponderExcluir
  23. Olá Bruno,

    É a primeira vez que estou por aki.
    Estou a procura de ajuda para minhas netas, elas tem 1 ano e 7 meses (gêmeas), estamos tentando iniciá-las nos peniquinhos, aproveitando as férias de verão da minha filha (mãe delas). No primeiro dia, uma delas aceitou sentar e chegou a fazer cocô, mas acho que foi por estar meio dormindo, pois foi logo ao acordar e como estava começando o cocô, colocamos no penico e deu certo. Fizemos uma festa danada (acho que até demais). Logo em seguida a outra avisou cocô (esta fala quando vai fazer) e tentamos colocá-la no penico, mas não houve maneira de sentá-la no penico (mesmo ela tendo visto a outra fazer).
    Hoje já é o terceiro dia que tentamos e elas não aceitam nem sentar. Hoje passamos a dar o peniquinho pra elas brincarem de colocar as bonecas sentadas e nós começamos a sentar e colocar água, pra fazer de conta que é xixi. Estamos agindo certo? Pode nos passar dicas para resolver esse problema?

    Desde já agradeço a tua atenção.

    ResponderExcluir
  24. Caso as suas netas já possuam as habilidades citadas no item "Sinais de que seu filho está pronto para aprender a usar o banheiro", não vi problemas na forma como você iniciou o treinamento. Importante lembrar que (1)quem estiver ensinando não poderá demonstrar angústia durante o treinamento; também, (2)após as principais refeições, devido ao reflexo gastrocólico, as chances de sucesso aumentam.

    ResponderExcluir
  25. Olá Bruno minha filha tem 1 mes,e nao ta conseguindo fazer coco,e a terceira vez que faço uma lavagem nela,a algum remedio que possa estimular o intestino dela?

    ResponderExcluir
  26. Sua filha precisará ser avaliada pelo pediatra do consultório para que uma patologia seja descartada. É comum que bebês, nos primeiros meses de vida, passem dias sem evacuar, sem, necessariamente, uma "lavagem" (enteróclise); mas, não poderá haver distenção abdominal ou incômodo.

    Outra sugestão: antes de passar em um pronto-socorro, sempre contacte o pediatra responsáve pelo acompanhamento da sua filha.

    ResponderExcluir
  27. Oi Bruno, como vai?
    tenho um filho de 4 anos e 4 meses desde os tres anos ele faz xixi no banheiro normalmente, mas nada faz com ele consiga fazer coco no vasinho, sempre nas fraudas ou na cuequinha. as vezes ele fica por um tempo sentado no vasinho e nada, ai eu coloco a cuequinha e passe se uns 5 min ele faz na roupa, nao sei o q fazer..

    ResponderExcluir
  28. Olá.

    Na faixa etária do seu filho, é comum a criança aceitar apenas a fralda / cueca como local para evacuação (mesmo que já utilize o penico para fazer xixi). Sugestão: antes de cada refeição, deixe seu filho apenas de cueca; minutos após ter comido, leve-o para o penico e fique com ele até, no máximo, 5 minutos. Tal procedimento deverá ser repetido por, no mínimo, 3 vezes ao dia (café da manhã, almoço e jantar).

    Sugiro, também, que a criança seja avaliada pelo seu pediatra (rotina - evitar pronto-socorro). Quando uma criança evacua em locais inadequados, a partir dos 4 anos, por pelo menos 3 meses, pode ser em virtude de ENCOPRESE.

    ResponderExcluir
  29. Boa noite,eu tenho uma filha de 5 anos que em casa ela faz xixi no banheiro e quando esta na escola elafaz na roupa eu não sei o que fazer,já conversei,falei para ela que quando estiver com vontade de ir ao banheiro que pessa a professora para leva-la,mais não adianta todos os dias ela chega da escola de xixi.Como posso ajuda-la.

    ResponderExcluir
  30. ola meu filho tem 5 anos ja fazia xixi no bacio mas agora so faz no calçao nao consegue controlar...eu as vezes digo q vou dizer aos amigos para ver se ele tem vergonha nao sei s esta certo...me ajudem...posso dizer sera q ajuda ou magoa???

    ResponderExcluir
  31. Olá.

    Uma criança de 5 anos que conseguia fazer xixi no local correto e voltou a fazê-lo em suas vestes tem que ser investigada pelo pediatra, para que seja descartada ENURESE:
    -Repetida eliminação de urina na cama ou na roupa (involuntária ou intencional).
    -Frequência de pelo menos 2 vezes por semana, no período mínimo de 3 meses consecutivos.
    -Sofrimento clinicamente significativo ou prejuízo no funcionamento social, acadêmico (ocupacional) ou outras áreas importantes da vida do indivíduo.
    -Idade cronológica mínima de 5 anos (ou nível de desenvolvimento equivalente).
    -O comportamento não se deve exclusivamente ao efeito fisiológico direto de uma substância ou de uma condição médica geral.

    Estressores psicossociais (mas não apenas eles) podem desencadear alguns casos de enurese: nascimento de um irmão / hospitalização / início da escola / crises conjugais dos pais / mudança residencial.

    Então, sugiro que não o ameace (entendi suas boas intenções) com constrangimento. Ao invés disso, reveja o treinamento de esfíncteres - há bibliografia sobre o assunto no início da postagem.

    ResponderExcluir
  32. Olá Bruno, meu filho tem 2 anos e 7 meses, ele faz xixi no penico, porém o cocô, não tem jeito dele fazer... faz sempre na roupa, depois vem dizendo que fez cocô e que não quer fazer na roupa... o que devo fazer?

    Elaine

    ResponderExcluir
  33. Oi, Elaine.

    Sugiro que, inicialmente, você leia a postagem atentamente. Também, sempre após as principais refeições do dia (café da manhã, almoço e jantar), leve seu filho para o penico (máximo de 5 minutos) e explique a ele que não é uma punição, mas, uma forma de ensiná-lo a descobrir o melhor horário para fazer cocô.

    Agende uma consulta com o pediatra do seu filho e converse a respeito; é importante descartar fecalomas (massas de fezes impactadas no intestino), constipação intestinal (intestino "preso") e liberação de fezes líquidas (escape fecal).

    ResponderExcluir
  34. boa noite Bruno gostaria da sua ajuda ,eu mim chamo Tatiane tenho um filho de 3 anos que comes-sou a estudar agora nesse ano de 2011, ele faz coco 3 veses ao dia ou depos das refeições, vou relatar um acontecimento na escola do meu filho,na escola depos de lanchar ele ficou com vergonha de pedir pra ir no banheiro sentio calafrio si contorceu chegou a quase fazer coco nas calsas a direi-tora da escola fez maior a ué como isso fosse culpa minha chegou ater a relatar esse acontecimento na reunião de pais na escola eu fiquei muito envergonhada sem saber o que dizer ou ater mesmo sem saber como mim defenda, ela pedio pra eu levar meu filho no medico eu fiz varies enxames não deu nada o que eu devo fazer sera que meu filho e anormal ?

    ResponderExcluir
  35. boa noite Bruno gostaria da sua ajuda ,eu mim chamo Tatiane tenho um filho de 3 anos que comes-sou a estudar agora nesse ano de 2011, ele faz coco 3 veses ao dia ou depos das refeições, vou relatar um acontecimento na escola do meu filho,na escola depos de lanchar ele ficou com vergonha de pedir pra ir no banheiro sentio calafrio si contorceu chegou a quase fazer coco nas calsas a direi-tora da escola fez maior a ué como isso fosse culpa minha chegou ater a relatar esse acontecimento na reunião de pais na escola eu fiquei muito envergonhada sem saber o que dizer ou ater mesmo sem saber como mim defenda, ela pedio pra eu levar meu filho no medico eu fiz varies enxames não deu nada o que eu devo fazer sera que meu filho e anormal ?

    ResponderExcluir
  36. Oi, Tatiane.

    Antes dos 4 anos, não é anormal criança fazer cocô fora do penico/vaso sanitário. Caso ele já tenha aprendido antes a fazer nos locais adequados e regrediu, sugiro:
    1)Converse com seu filho e pergunte o que o incomoda na escola (vergonha / medo, por exemplo)
    2)Fale com o pediatra sobre sua angústia sentida por ti; tente associar a regressão do seu filho a fato novo (desavenças familiares, por exemplo)
    3)Marque uma reunião com a diretora da escola para esclarecer o acontecido com seu filho; o seu filho não poderá ser repreendido (casa / escola) por causa de cocô nas roupas

    Concluindo, exames geralmente são normais em crianças com dificuldades para fazer cocô em locais apropriados. Uma avaliação comportamental é importante para descartar problemas por trás dessa dificuldade.

    ResponderExcluir
  37. Olá! Meu nome é Jessé, e tenho um filho de 6 anos que não consegue evacuar no vazo, dos 2 anos aos 4 anos ele era ressecado e sofria muito para defecar, as vezes levava 7 dias para ele conseguir.
    Agora ele faz todos os dias de pouco em pouco, sempre na calça, já tentei varias coisas que estava em meu alcance.
    Vc teria alguma dica para tentar resolver este assunto.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  38. Olá, Jessé.

    A partir dos 4 anos, crianças que ainda não têm controle do cocô sofre de ENCOPRESE. Mas, como ele tem histórico de constipação ("ressecado")aos 2 anos, poder ter ficado um "medo" em evacuar.

    Sugestões: 1)procurar pediatra para educação dos pais e da criança sobre a função do intestino e para "dissipar" a tensão psicológica que comumente desenvolve-se no seio familiar; 2)catarse ("limpeza") do intestino (doses diárias de óleo mineral é a minha sugestão - com supervisão médica); 3)componente comportamental -intervalos de tempo diário no banheiro (após as grandes refeições: café, almoço e jantar - máximo de 5 minutos) com recompensas para o sucesso; 4)dieta balanceada e rica em fibras.

    Caso haja componente psíquico associado, converse com o pediatra sobre uma avaliação por psiquiatra da infância e adolescência.

    ResponderExcluir
  39. Boa noite, minha filha tem 3 anos e meio, mas nao faz xixi e nem evacua no pinico. Quando ela era menor ate chegou a fazer uma ou duas vezes, lembro-me que fizemos a maior festa. Elogiamos-a.
    Porem, agora, ela nao gosta de ficar de fralda,e só pede na hora do xixi ou de evacuar. Ao terminar pede para tirar imediatamente a fralda.
    O que sugere?
    Obrigada
    Amanda

    ResponderExcluir
  40. Oi, Amanda.

    Sugiro que, inicialmente, você converse com sua filha sobre o porquê da dificuldade dela em fazer xixi e cocô em local apropriado (penico / vaso sanitário com apoio para pés). Depois, após as principais refeições (café da manhã / almoço / jantar), deixe-a no banheiro por aproximadamente 5 minutos.

    Não utilize mais as fraldas como "penico"; ao invés disso, converse com sua filha sobre seus medos / temores. Converse com o pediatra sobre suas dificuldades como mãe, também.

    ResponderExcluir
  41. Oi Bruno, obrigada pela resposta. Ja falei com pediatra e ele é afavor que deixemos ela ficar apertada ate fazer. Mas, ela fica extremamente inrritada e prendendo. Nao quer nem sentar no pinico!!
    Ja conversei com ela e ela só diz que nao quer, que quer fralda.
    Obrigada
    Amanda

    ResponderExcluir
  42. Minha filha
    tem 5 anos e ainda faz coco na fralda, ela diz que nao consegue fazer no vaso.Ela tem todos os tipos de vasinhos e tampa apropriadas p privadas, so que ela chora e diz que nao consegue. Como ela tem prisao de ventre nao sei o que fazer.Ela e muito inteligente ja esta aprendendo a ler. Me ajudem

    ResponderExcluir
  43. Olá Bruno. Minha filha tem 12 anos e sempre que solta um pum suja a calcinha de cocô. Enquanto era criança não era tão difícil, mas agora na adolescencia está ficando muito constrangedor p ela. A pediatra encaminhou para um urologista e ele pediu um raio X da coluna lombo sacra que não apareceu nada e pediu tambem um estudo urodinâmico. Mas esse último eu achei muito invasivo e não fiz. Seria esse memo o especialista. O que devo fazer?

    ResponderExcluir
  44. Oi, Elaine.

    Quando uma criança evacua em locais inadequados, a partir dos 4 anos, por pelo menos 3 meses, pode ser em virtude de ENCOPRESE.

    Sobre o encaminhamento ao urologista, não compreendi a razão do mesmo; pergunte ao pediatra da sua filha.

    Sugiro uma conversa descontraída com a garota. Explique a ela que é comum crianças passarem por esse tipo de situação, mas, que podem ficar "boas".

    Finalmente, seria prudente uma avaliação por psiquiatra da infância e adolescência, não para "rótulos", mas, para descartar questões psicossociais que possam existir.

    ResponderExcluir
  45. Olá..
    Minha filha não faz xixi nem cocô no vaso, e a possibilidade de usar penico a deixa mto irritada, o chuta e tudo. Fará 3 anos este mês. Tinha largado as fraldas antes de completar seus 2 anos de idade, dava até xau pra xixi e pra cocô, isso no vaso sanitário. Mas foi internada por uma amigdalite, e o processo foi interrompido após um mês, voltamos a colocar fraldas. De lá pra cá, chora ao entrar no banheiro se percebe que é pra usar o vaso. Já fiz de tudo (acho) e estou realmente, hj e dia, mto incomodada com isso. A fala dela é comprometida, deveras atrasada pra idade, mas se comunica normalmente e entende tudo o que falamos. É mto inteligente e independente ao trocar de roupas e outras coisas. Gostaria mto que alguem me ajudasse a resolver esse problema. Esta semana aposentei as fraldas, até de noite, pra ver c ela aguentaria ficar suja. Não se importa. Somente com o cocô. Agradeço mto qquer dica... abços!

    ResponderExcluir
  46. Adorei as sugestões acima, meu filho tem 3 anos e 02 meses, faz xixi sozinho no vaso(com auxilio de uma cadeirinha), puxa descarga e lava as mãos; mas coco nem pensar... fala que vai cair para dentro do vaso(mesmo tendo o adaptador, em forma de urso, que ele diz que é seu amigo); já oferecemos pirulitos ou balas caso ele faça, já conversei com ele, com a pediatra(que diz que vai acontecer logo), mas nada. Acho que vou fazer o que vc sugeriu: colocar uma caixa embaixo dos pés(para segurança) e contar uma historia(brincando com o urso no banheiro), o que acha?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  47. Oi, Marta e Graciele.

    Marta, no caso da sua filha, sugiro que vc marque consulta com o pediatra e reinicie o treinamento para suspensão do uso das fraldas (vide início dessa postagem).

    Graciele, não retiro uma vírgula da sua proposta para treinamento do uso do penico - espero que essas dicas ajudem.

    ResponderExcluir
  48. Boa tarde, Dr. Brunno! Suplico-te, imploro-te uma ajuda!
    Meu filho tem 3 anos e 8 meses e mora comigo e com minha mãe. Meu pai faleceu há 1 ano e 2 meses e era a figura masculina diária do meu filho, ainda que o pai dele seja presente. Eu não quis tirar a fralda dele ano passado pois achei que seria mais uma perda para ele. Em janeiro deste ano começei a tentar, falando com carinho, apostando "que cor o xixi iria sair", cheguei a implorar: "por favor filho", mas ele diz que não e não. Ele é bem articulado, tem a fala desenvolvida desde cedo, pois eu estudava e enquanto minha mãe ficava com ele, estimulava, conversava bastante com ele. Hoje em dia ele está um pouco "mandão"', minha mãe diz que ele está me dominando, que eu tenho que me impor mais e parar de fazer as vontades dele e que ele já está com quase 4 anos fazendo xixi e cocô na fralda. Me ajude Dr., como posso reverter esta situação? Na escolinha ele tem feito só o xixi, no início ficava segurando, mas atualmente as professoras me dizem que ele tem feito. Só aqui em casa que ele pede a fralda.

    ResponderExcluir
  49. Oi, Gabriela.

    Sugiro que você leve seu filho ao pediatra para discutir a questão - há dificuldades com o comportamento do garoto que estrapolam a dificuldade de controle do xixi e do cocô (por exemplo, impor-se em relação aos adultos da família). Caso não resolva, uma avaliação com psiquiatra da infância e adolescência poderá ser um passo posterior - não para tomar "remédios", e sim, para contextualizar comportamento que incomoda familiares.

    ResponderExcluir
  50. Bom dia Brunno, tenho um filho de 10 anos, deve ter mais ou menos um mês ele começou a fazer cocô na cueca, já conversamos, brigamos, colocamos de castigo e nada resolve ele parece que não se incomoda com isso, age como se fosse normal... o que fazer nesse momento?

    ResponderExcluir
  51. Oi, Soraia.

    Como ainda não apresenta evacuações em locais inadequados por 3 meses consecutivos, não é possível pensar em ENCOPRESE.

    Sugiro que você marque uma consulta com o pediatra para que ele converse com seu filho acerca da dificuldade dele em manter a cueca limpa - essa aparente indiferença pode ter vários significados. Então, caso o colega julgue necessário, uma avaliação com psiquiatra da infância e adolescência poderá ser um próximo passo.

    ResponderExcluir
  52. Ok, eu ate estava conversando com ele essa semana e perguntei se ele sente, ele me respondeu que as vesses ele não consegue parar o que esta fazendo pra ir ao banheiro, ele essa semana veio todos os dias da escola sujo e disse que ele prende, e depois não consegue segurar... obrigada vou ligar para o pediatra dele.

    ResponderExcluir
  53. Meu filho tem 11 anos ele passou por uma avaliação psicologica resultando baixa auto estima insegurança e idade inferior um ano a menos.Suas fezes sempre achei anormal muito grossas para a idade, e há alguns meses sempre que sente vontade suja a cueca.De repente me agarra e beija muito forte por minimas coisas. Eu o amo muito, vou levá-lo ao psicologo, mas me adiante algo por favor.

    ResponderExcluir
  54. Olá.

    Fezes calibrosas são indícios de constipação (intestino "ressecado"); marque consulta com pediatra para avaliação clínica completa.

    Sujar a cueca depois de já ter adquirido controle da evacuação pode ser devido a várias causas, dentre elas: (1)escape fecal líquido ao redor de fezes impactadas; (2)sofrimento psíquico. Para a primeira opção, o pediatra poderá explicar melhor; já se for a segunda, além de avaliação psicológica, sugiro avaliação por psiquiatra da infância e adolescência - não para "dar remédios", mas, para descartar problemas emocionais sérios que talvez estejam prejudicando seu garoto.

    ResponderExcluir
  55. o meu filho ele não quer mais fazer xixi na fralda mas também não pede pra fazer coco só faz na cueca ele tem 4 anos e eu já estou estressada por conta disso já não sei mais o que fazer o xixi está ótimo não faz mas na roupa e até está deixando de fezer na cama agora o coco está super dificil de conscientiza-lo a fazer no banheiro no vaso me ajudem mandem uma mensagem para o meu e-mail k-almeida1@live.com obrigada

    ResponderExcluir
  56. Olá.

    Crianças com idade cronológica de pelo menos 4 anos que evacuam em locais inapropriados (de forma involuntária ou voluntária) ao menos 1 vez ao mês por pelo menos 3 meses apresentam um transtorno da excreção denominada ENCOPRESE.

    Sugiro avaliação pediátrica para descartar causas não-emocionais (treinamento inadequado para retirada das fraldas e constipação, por exemplo). Caso haja suspeita de razões emocionais, sugiro avaliação psicológica e psiquiátrica (especialização em infância e adolescência).

    ResponderExcluir
  57. bom dia brunno tenho uma filha de 4 anos que me pede pra ir no banheiro de 5 em 5 minutos ñ é infecção urinária pois já foi realizado exames e ñ deu em nada fica dificil até para sairmos pois ñ é em todo local q tem banheiro e a quantidade de xixi nesses intervalos é sempre pouca isso ocorre em qualquer ambiente mais a noite ela dorme bem e levanta uma vez só para ir no banheiro o q pode estar ocorrendo? abraço.

    ResponderExcluir
  58. Olá.

    Aumento na frequência urinária + baixo volume de xixi = POLACIÚRIA.

    A primeira providência a ser tomada é procurar o pediatra da sua filha para avaliação clínica completa. Caso ele ache conveniente, encaminhamento para especialista em nefrologia pediátrica / urologia pediátrica seria útil para descartar causas relacionadas aos rins / vias urinárias.

    Finalmente, na ausência de qualquer achado com os especialistas acima, sugiro avaliação com psiquiatra da infância e adolescência para avaliar questões comportamentais.

    ResponderExcluir
  59. Boa tarde! Gostaria muito de uma ajuda...de uma luz...meu filho tem 2 anos e 11 meses e não usa o banheiro de jeito nenhum..qdo fez 2 anos começamos o processo, ele fez xixi o dia todo no banheiro, em pé dentro do box, e no seg.dia eu inventei de leva-lo comprar um penico. Depois deste dia nunca mais ele aceitou o banheiro...ja comprei tudo q é modelo de penico, li livros, comprei dvd educativo...mas nada adianta, ele se interessa um pouco na hora mas é falar a palavra xixi para virar um stress total em casa. Joga o penico longe, grita, chora, nao faz de jeito nenhum. Qdo coloco a cueca ele faz tudo no chão. Estou me sentindo um fracasso,eu e meu marido andamos discutindo demais por conta disso.. pq ele é muito inteligente em tudo mas para o banheiro eu não entendo...os pediatras dizem q cada criança tem o seu momento. Como devo fazer?

    ResponderExcluir
  60. Olá, Silvia.

    Sugiro que você leia toda a postagem sobre treinamento de esfíncteres. Após, sugiro algumas providências:
    1)procurar pediatra para orientações para você, seu marido e seu filho sobre a função do intestino e para "dissipar" a tensão psicológica que comumente desenvolve-se no seio familiar;
    2)catarse ("limpeza") do intestino (doses diárias de óleo mineral é a minha sugestão - com supervisão médica);
    3)componente comportamental -intervalos de tempo diário no banheiro (após as grandes refeições: café, almoço e jantar - máximo de 5 minutos) com recompensas para o sucesso; 4)dieta balanceada e rica em fibras.

    ResponderExcluir
  61. meu filho fez cinco anos e nao faz coco no vazo ,ele se esconde e diz que nao consegue mais eu fico assustada de ver o tamanho do coco , pois é muito grande pra idade dele ,ele fica segurando e as vezes sai aos poucos na calça por favor me ajude

    ResponderExcluir
  62. Leve seu filho ao pediatra que o atende regularmente (evite pronto-socorro)para uma avaliação. Há chance das fezes que sujam as roupas do garoto sejam secundárias a fezes endurecidas no trato intestinal, com "escape" de fezes mais líquidas.

    ResponderExcluir
  63. Boa Tarde,
    Meu filho está com 3 anos e 8 meses e não faz coco na privada de jeito nenhum. Já prometemos recompensa, já tiramos coisas que gosta e nada. Ele verbaliza que vai fazer "amanhã", "um dia". Uma Psicóloga disse que é pq ele precisa controlar algo. Li seus posts e vou tentar seguir as orientações acima, mas fico muito preocupada com o que estes sintomas, ou o modo como agimos hoje, possa interferir psicologicamente no futuro. Tenho medo que se torne uma criança com problemas, pois sie que as fases que a criança vivencia são de extrema importância para seu desenvolvimento. O senhor poderia me orientar neste aspecto?? Grata. abs

    ResponderExcluir
  64. Olá, Roberta.

    Para que as evacuações repetidas em locais inapropriados(roupas, p.e.) do seu filho se tornem preocupação para um psiquiatra infantil, a criança deve apresentar, no mínimo, 4 anos de idade (cronológica / desenvolvimento).

    Sugiro que você procure avaliação do pediatra (evite pronto-socorro) para descartar condições médicas. Caso haja constipação (intestino "preso"), com fezes de grande calibre e evacuações dolorosas, pode haver escape de fezes líquidas "ao redor" das fezes mais endurecidas.

    Já sobre a fala da colega psicóloga, creio que ela tentou explicar o seguinte: de acordo com Freud, um dos estágios do desenvolvimento infantil chama-se de ESTÁGIO ANAL. As crianças têm entre 1 e 3 anos, período em que aprendem a controlar a retenção e a expulsão das fezes. Também, é uma fase onde as crianças buscam a separação do "controle" dos pais. Então, a retenção ou perda do controle do cocô significariam a tentativa da criança em ter autonomia em relação aos pais.

    Creio que, caso as estratégias convencionais (vide início da postagem) não sejam suficientes e o pediatra não encontre justificativa clínica para a dificuldade a partir dos 4 anos, você deveria buscar ajuda compartilhada (psicologia + psiquiatria da infância e adolescência).

    ResponderExcluir
  65. oi ,meu filho antes de ter infecção das amigadalas ,ficava demorando para fazer xixi,ai começou a tomar remédio para cortar a infecção ai começou a ir no banheiro de 5 em 5 minutos foi feito exame de urina no hospital duas vezes não ,tinha infecção de urina ,ele ficou internado um dia porque as amidalas estava tampando a garganta ,ele tem 4 anos e 7 meses, ajuda por favor

    ResponderExcluir
  66. Olá.

    Aumento na frequência urinária + baixo volume de xixi = POLACIÚRIA.

    A primeira providência a ser tomada é procurar o pediatra do seu filho para avaliação clínica completa. Caso ele ache conveniente, encaminhamento para especialista em nefrologia pediátrica / urologia pediátrica seria útil para descartar causas relacionadas aos rins / vias urinárias.

    Finalmente, na ausência de qualquer achado com os especialistas acima, sugiro avaliação com psiquiatra da infância e adolescência para avaliar questões comportamentais.

    ResponderExcluir
  67. Tenho um sobrinhode 13 anos, que evacua na roupa, e faz em qualquer local e nao percebe, a mãe esta enloquecida, porque ja levou em todos os médicos: pediatra, protologista e eles dizem que esta tudo normal. Com relação a psicologa e psiquiatra ele não quer conversar com estes profissionais permanece calado, como poderiamos ajudar ele?Por favor nos ajude fomos de SP.
    Grata

    ResponderExcluir
  68. Olá.

    Caso o seu sobrinho evacue em locais inapropriados (de forma involuntária ou voluntária) ao menos 1 vez ao mês por pelo menos 3 meses, o mesmo apresentam um transtorno da excreção denominado ENCOPRESE.

    Considerando que o garoto já foi avaliado por pediatra e proctologista, sugiro avaliação com psiquiatra da infância e da adolescência para descartar causas "emocionais". Avaliação psicológica compartilhada é uma possibilidade.

    ResponderExcluir
  69. Ola.
    Bruno,não sei como convênce-lo a confiar nestes profissinais pode me dar uma idêia? Como relação a frenquência é quase diariamente.
    Grata
    Edna

    ResponderExcluir
  70. Edna,

    Para convencer seu sobrinho, seria prudente que ele e os pais procurassem o pediatra do mesmo (evitar pronto-socorro) para discutir as possíveis causas da encoprese e encaminhamento para médico especialista em comportamento - psiquiatra da infância e da adolescência.

    ResponderExcluir
  71. DR. BRUNO MEU FILHO FOI SEU PACIENTE (JHEISON) ELE ESTÁ TOMANDO RITALINA AS VEZES FICO PREUCUPADA QUE ELE JÁ TA COM 12 ANOS E DEPOIS DO TRATAMENTO ELE SÓ AUMENTOU 500 KG É NORMAL ISSO?

    ResponderExcluir
  72. Olá, Maisa.

    A cada 3 meses, é importante que o seu filho passe por avaliação pediátrica para checar: peso, estatura, frequência cardíaca e pressão arterial.

    Acerca da sua preocupação sobre o peso, para um garoto de 12 anos, peça ao seu médico para calcular o "índice de massa corpórea": se o valor estiver abaixo de 15,24 (normal de 15,24 a 24,89), seu filho estará abaixo do peso mínimo aceitável, e a continuidade da medicação deverá ser discutida com o responsável pela prescrição.

    ResponderExcluir
  73. OBRIGADO Dr.BRUNO MEU FILHO SEMPRE SE LEMBRA DE VC.
    MUITA SAÚDE SUCESSO PRA VC SEU BEBE E SUA ESPOSA FELICIDAES PRA VCS.(MAYSA)

    ResponderExcluir
  74. Boa Tarde Bruno,
    Meu nome é Thamires e tenho um filho de 3 anos e 1 mês chamado Enzo. É por opção própria eu estou incentivando o meu filho a ir no banheiro aos poucos.Nesses dois últimos dias, eu tenho retirado a fralda o deixando de cueca com o piniquinho do lado e sempre falando pra ele que quando ele quiser fazer xixi ele chama a mamãe para ajudar.
    Porém todas as tentivas foram fálidas, ele sempre faz xixi primeiro e depois me chama.Ai eu vou dou banho e recomeço todo o processo.Porém a evacuação ele sempre faz na fraldas.
    Eu fico com medo de estar do lado incentivando e ele ficar com vergonha ou de estar invadindo a privacidade dele.
    Acho que a minha maior dúvida é saber se eu estou fazendo esse processo tão importante da maneira correta.
    Grata,
    Thamy

    ResponderExcluir
  75. Olá, Thamires.

    Eu sugiro que você leia a postagem sobre o assunto (acima). O treinamento pode durar até 6 meses; pode ser cansativo, mas, não vejo erros na forma como vc está fazendo. Converse com o pediatra dele acerca de suas dificuldades.

    ResponderExcluir
  76. eu tenho um filho de 3 anos e 4 meses,ele faz xixi normal no vaso,mas o coco ele nao faz,ele nao pede faz na roupa mesmo,eu confesso que eu ja bati nele porisso,mas vejo que nao e certo fazer isso,ja prometemos presentes,e ate hoje nada

    ResponderExcluir
  77. Olá.

    Perda de controle (incluindo agressão física) é sinal de que você precisa de ajuda profissional para o treinamento de esfíncteres do seu filho. Sugiro consulta do seu garoto com o pediatra que o acompanha regularmente - evite o pronto-socorro. Também, sugiro a leitura da postagem.

    Sente-se com seu filho e explique a ele que você só quer o melhor. Ele é jovem, mas, o compreenderá.

    ResponderExcluir
  78. Olá! Tenho um filho com 6 anos, e ele não consegue fazer cocô no vaso sanitário, nem senta, fica bravo quando eu o levo ao banheiro, ele precisa colocar fralda, ficar em pé no quarto sozinho e com a porta fechada, depois de terminado me chama para limpá-lo, o xixí ele faz normalmente no vaso, já levei-o em psicóloga mas não o ajudou, sei que ele sofre com esta situação mais do que eu, tenho medo que este problema pedure por mais tempo. Preciso de ajuda!!!!

    ResponderExcluir
  79. BRUNO, prazer falar com voce! Está sendo luz para nós todos, li tudo acima, são problemas parecidos e vc com tanto carinho procurando ajudar, talvez será a nossa solução, nossa luz! Meu netinho também passa por problemas sérios,4anos e 6 meses, nao faz coco no vaso por nada , já tentamos tudo que mencionou acima, ele tem também uma mania de masturbação desde mais novinho, tornou-se uma coisa muito dificil de controlar, tem intolerancia a lactose, esta melhorando agora, intestino preso, fazer coco tornou-se um ritual, fica sozinho não gosta de ninguem por perto,isto nos preocupa muito, não sabemos mais o que fazer, não temos psiquiatra infantil aqui não, e fica muito caro, não podemos pagar, por favor nos ajude se for possível,,abraços!

    ResponderExcluir
  80. Olá, Maria José.

    Sugiro que, inicialmente, seu neto seja avaliado por pediatra (evite o pronto-socorro) para avaliação clínica e comportamental. O isolamento do garoto, por si só, provavelmente fará com que o pediatra solicite avaliação por psiquiatra da infância e da adolescência.

    Não sei a cidade onde se neto mora; dependendo do lugar, hà atendimento gratuito, e eu poderei procurá-lo.

    ResponderExcluir
  81. Olá Bruno

    Meu filho tem 2 anos e estamos na fase de deixar as fraldas, ele gosta do peniquinho, mas não consegue fazer xixi no peniquinho, ele segura por horas e quando não aguenta mais, ele levanta do peniquinho e faz no chão, por duas vezes ele fez no peniquinho, fizemos muita festa, demos os parabens a ele, mas ele não faz de jeito nenhum, já passei varios e varios minutos com ele sentado no peniquinho, mas ele segura, acaba de sair do peniquinho e faz na cuequinha, como posso ajudá-lo? como devo agir? quando ele faz xixi na calça, eu falo que fiquei triste, peço pra ele fazer no peniquinho da proxima vez, ele responde que ta bom, mas não pede, faz na calça mesmo assim...
    Adorei a matéria, espero que possa me ajudar!

    ResponderExcluir
  82. Oi, Verônica.

    Seu filho ainda está no período normal de aprendizado. Sugiro que você não demonstre ou fale que está triste com o "insucesso", passe a dizer, por exemplo, que você continuará com paciência até que ele, um belo dia, consiga o grande feito da ida ao banheiro.

    Peça a ajuda do pediatra do seu garoto para maiores informações.

    ResponderExcluir
  83. Ola Bruno, tenho duas meninas, minha filha de 2anos e 9 meses, esta no processo de desfraldar, ela já consegue fazer xixi no pinico, inclusive a fralda noturna ja foi abolida. No entanto o cocô, ela pede para colocar a fralda, converso sem muita insistência pois ela usa medicamento para evacuar (PEG 4000). Não sei quanto tempo devo considerar este tipo de situação natural, até tomar uma atitude mais energica. Agradeço se puderes me ajudar.

    ResponderExcluir
  84. Olá.

    O fato da sua filha fazer uso de laxante para evacuar (polietilenoglicol - PEG 4000) sugere que ela tenha constipação ("intestino preso"). A constipação atrapalha a retirada das fraldas.

    Há questões a esclarecer:
    1)A constipação é primária (sem causa detectável) ou secundária a algum problema?
    2)Mudança na dieta (rica em fibras, aumento de líquidos) já foi tentada antes da introdução do PEG 4000?

    Não assuma atitude enérgica; o treinamento de esfíncteres tem que ser realizado com disciplina, mas, não pode tornar-se um problema a mais para a criança. Converse com o pediatra da criança sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  85. Tenho um filho de 2 anos e 5 meses, começamos a retirada de fradas, ele estava indo bem, mas há alguns dias travou! e não quer mais fazer xixi, fica esperneando, pulando, e não faz mais xixi e nem coco....chegou a ficar 17h se fazer xixi...e ja esta ha 3 dias sem fazer coco....O q devo fazer???? SOCORRO!!!!

    ResponderExcluir
  86. Para esclarecer retenção de fezes e de urina de início súbito, é necessário que seu filho seja avaliado o quanto antes por um pediatra. Uma das razões possíveis para a retenção de fezes é dor ao evacuar (por fissura anal, como exemplo - se as fezes estiverem ressecadas, essas podem machucar). Quem tem medo de fazer cocô retém mais o xixi.

    Com a avaliação especializada, você se sentirá mais segura. História do problema atual e exame físico são fundamentais.

    ResponderExcluir
  87. Tenho um filho que hj esta com 16 anos, mas desde pequeno ele suka a cueca de fezes e apesar de ja ter procura diversos tratamentos, com diversos médicos (um diagnosticou encoprese) nunca um dos tratamentos foi eficiente pra acabar de vez com essa tomenta. Meu filho esta cheio de problemas por conta destes episodios que ocorrem na escola, nas viagens e em qq outro lugar, quando menos se espera. ME AJUDE POR FAVOR, preciso de indicaçao para tratamento do meu filho. Moro em niteroi mas nao me importo de ter que me deslocar de cidade para conseguir um tratamento que acabe de vez com esse problema.

    ResponderExcluir
  88. Olá.

    Quando uma criança evacua em locais inadequados, a partir dos 4 anos, por pelo menos 3 meses, pode ser em virtude de ENCOPRESE - diagnóstico já dado por um médico que avaliou seu garoto.

    Ele necessitará de avaliação com psiquiatra da infância e da adolescência o quanto antes. Favor enviar e-mail para que eu possa indicar locais no Rio de Janeiro que possam ajudar seu filho.

    ResponderExcluir
  89. Ola Bruno boa noite

    Meu filho tem 2 anos e 6 meses,e eu e minha esposa estamos muito preocupados pois ele não consegue fazer xixi e coco no troninho, e para piorar ele agora esta com medo de fazer xixi e coco no fralda e na cuequinha, ele segura até o final, e temos medo que isso faça mal a ele,não sabemos mais o que fazer. Talves você poderia nos dar alguma dica.

    Desde ja agradeço.

    Vandeni Felix.

    ResponderExcluir
  90. Boa noite, Vandeni.

    Passo sugestões práticas e baseadas na minha experiência prática (um pouco diferente da teoria) com minha filha:
    -Paciência, paciência, paciência.
    -Providenciar material educativo (livros, vídeos na internet) que tratem do uso do penico como uma atividade tranquila: http://www.youtube.com/watch?v=BSXLBqLY5ns&noredirect=1 .
    -Mostre a seu filho antes de iniciar o treinamento; explique que ir ao banheiro é bom, e todo mundo vai: você, seus familiares...
    -Deixe que seu filho veja você e sua esposa usando o vaso sanitário (simulação).
    -Início do tratamento em um final-de-semana (mais tempo de treinamento com ambos os pais): tirar a fralda definitivamente (recair e colocar para ele conseguir é um retrocesso). Antes de aprender a fazer as necessidades, ele terá que aprender a segurar. Então, não se angustie quando ele estiver com os gestos corporais de sinalizam vontade de ir ao banheiro, mas, evita usar o penico.
    -Explicar ao garoto que a fralda só será utilizada à noite.
    -Levar o garoto ao penico (ou ao vaso sanitário com adaptador) várias vezes ao dia, com expressão calma. Priorizar os minutos após as principais refeições; as chances de sucesso aumentam bastante. O uso do vídeo (link apresentado acima) deverá ser explicado por vocês, calmamente, durante as tentativas. O uso de livros sobre o desfralde, com gravuras, também é útil.
    -Seu filho fará, várias vezes, fora do penico / vaso sanitário. Não o repreenda; seja paciente, troque o garoto o quanto antes. Explique a ele que está indo bem, que é corajoso.

    Algumas crianças demoram menos, outras mais. Deixe o penico no banheiro; alterne entre o penico e o adaptador do vaso sanitário para que ele "escolha" o que for melhor. Caso ele chore, não precisa forçá-lo a ficar, mas, tente distraí-lo com o vídeo / preparo do banho, por exemplo.

    Converse com o pediatra do garoto e coloque a angústia do casal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha filha tem 7 anos e 7 meses e muitas vezes vem fazendo as fezes na calcinha e não está conseguindo segurar e muitas vezes fica com preguiça ou diz que não está com vontade de ir ao banheiro, as vezes fico sem paciência e acabo falando sem carinho com ela. O que posso fazer para que essa situação melhore pois muitas ocasiões ela sente-se angustiada ou sem vontade de tentar recomeçar a ir sozinha.

      Excluir
    2. Sem paciência, será impossível progressão no treinamento de esfíncteres; erro no treinamento de esfíncteres é uma das principais causas de escapes fecais em locais inadequados. Uma consulta com pediatra que a acompanha é indispensável, para que o mesmo descarte problemas clínicos (constipação com fissura anal secundária, por exemplo) ou questões emocionais que porventura estejam ocorrendo.

      Excluir
  91. Boa tarde. Sou mãe de uma criança de 3 anos e 8 meses e acontece o seguinte: quando retirei a fralda fi-lo simultaneamente de dia e de noite uma vez que de noite a fralda permanecia seca há muito tempo. No entanto, durante o dia o meu filho faz coco nas cuecas. Já tentei muitas estratégias e consegui melhorias duas vezes, mas mudanças na rotina (como entrada na pré-escola e integração mal feita por parte da educadora)fizeram com que regredisse. Fica envergonhado e só consegue ir se lhe dissermos, senão faz e avisa depois para se limpar. Li os posts e tirei notas, tentarei usar estratégias novas. Mesmo assim peço ajuda. Alguma sugestão especial?

    Nota: até aprender a fazer no pote o meu filho assistiu um primo a fazer cóco até aos 5 anos de idade, diariamente! Eu penso que esta situação pode ter criado normalidade na cabecinha do meu filho, que acha?

    Obrigada!
    Na época esta aprendizagem coincidiu com um período em que esteve hospitalizado com infeção urinária, seguido duma fase em que iniciou o pré-escolar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      Presenciar outra criança em treinamento correto de esfíncteres é útil. Quanto ao controle das evacuações, imagino que o uso dos vídeos da postagem, após as principais refeições, proporcionarão resultados adequados.

      Quanto à internação por infecção urinária durante o aprendizado para controle do xixi e do cocô, não creio que será barreira.

      Excluir
  92. olá meu filho tem 3anos já não usa fraldas pra dormir à noite mais quando quer fazer cocô pede pra fazer na fralda e é somente o cocô já tentei fazer com que ele use o pinico e até mesmo o vaso sanitário mais foi sem sucesso o que faço?Lembrando que ele controla muito bem os seus horários e sabe as horas de suas necessidades!

    ResponderExcluir
  93. Olá.

    Se a fralda noturna já conseguiu ser retirada, essa não deverá ser colocada em hipótese alguma. Leia a postagem para adquirir mais dicas (incluindo vídeos infantis sobre o bom hábito de evacuar no penico). Deixe seu garoto apenas de cueca; quando pedir fralda para evacuar, explique que não será mais possível, e o leve ao vaso sanitário (com adaptador) ou penico.

    Reitero que uma conversa com o pediatra do seu filho é fundamental; tal dificuldade para controle de esfíncteres, aos 3 anos, é normal.

    ResponderExcluir
  94. Olá Brunno, boa tarde! Tenho um filho de 2 anos e 5 meses e ele se já usa fraldas mais em casa. Ele vai ao troninho sozinho para fazer Xixi e quando quer evacuar me chama para levá-lo ao vaso. O problema é quando saímos de casa. ele se recusa a ir em outros banheiros que não seja os daqui de casa. Já levei troninho, comprei redutor, tentei ensinar a molhar matinho... nada funciona. faz 3 meses que tento e nada. Já não sei mais como agir nessa situação de quando saio de casa. Obrigada!

    ResponderExcluir
  95. A recusa para usar penico fora de casa deve ser esclarecida com a própria criança (medo? / vergonha de terceiros? / achar outros banheiros "sujos"?). O retorno às fraldas é contra-indicado - resolveu tirar a fralda em casa, tal escolha é extensiva a todos os outros ambientes. Na postagem, dei dicas de alguns vídeos que auxiliam a desmistificar o receio de ir ao banheiro por parte das crianças; se você puder testar o uso deles, há chance de boa evolução. Fora da residência, prefiro o uso de adaptador de vaso sanitário.

    ResponderExcluir
  96. bom dia Dr Brunno. Meu filho tem 3 anos, antes morávamos ao lado casa dos meus pais e agora me mudei para outra casa, somos nós dois apenas. mas o contato com meus pais ainda é o mesmo, a residencia fica próximo. Só que percebi mudança no seu comportamento, os calundus (birras) aumentaram, chora para não ir para escola e agora algumas vezes faz xixi na cama e ate na roupa. Ele é uma criança muito agitada, e poer vezes não sei lidar com isso ficando nervosa também. Sei que essa não é a melhor forma, mas as vzs foge do meu limite. Por favor me ajude. Meu e-mail é sheylla.ead.letras@gmail.com

    ResponderExcluir
  97. Olá, Sheylla.

    Sugiro que você procure o pediatra do seu filho para que o mesmo tente contextualizar as alterações citadas por ti (mudança de residência / piora das birras / recusa escolar / xixi em locais que, antes, seu filho já não fazia mais). Quanto à agitação, se atrapalhar o dia-a-dia do seu garoto e de quem estiver com ele, não deixe de mencionar ao pediatra. Caso o colega suspeite de algum problema de ordem psíquica, minha sugestão é a de você buscar um psiquiatra da infância e da adolescência.

    ResponderExcluir
  98. olá!meu filho tem 3 anos e o ensinei a fazer xixi sentado e hoje ele só faz assim tem algum problema nisso????

    ResponderExcluir
  99. Olá, Tatiane. Não vejo problema com o fato do seu filho fazer xixi sentado, aos 3 anos. Porém, com jeito, explique a ele que há locais onde ele não poderá sentar-se (mictórios, por exemplo); o pretexto fará com que aumente as chances dele aprender a fazer xixi em pé, também. Qualquer dificuldade no manejo, procure a opinião do pediatra do seu garoto.

    ResponderExcluir
  100. Olá,

    Minha filha tem 2 anos e meio, há 2 semanas apresentei o redutor de assento, sem pressão mantive a fraldinha até que ela começou a pedir p/ ir ao banheiro, estava bem tranquilo c/ o xixi, o coco ela ainda não controlava e fazia na roupa, há 4 dias atrás fez coco na roupinha, com cuidado levei ela até o banheiro e expliquei que ela iria tomar um banho, ela sempre se chateava com esta situação, chorava um pouco mas ficava tudo bem, após este dia ela não quiz mais saber do vaso, ficou em pânico. Um dia depois já fazia 15 hora que não fazia xixi nem na fralda que coloco à noite, comprei um penico e apresentei a ela também não quer toda vez que convido para fazer xixi, ela se desespera, está trancano o quanto pode, levou 3 dias p/ fazer o coco e tranca o xixi, não sei mais o que faço...tenho medo do sofrimento que isto está causando e de infecções que podem surgir..não consigo convencer de jeito nenhum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      Sugiro consulta com psiquiatra o quanto antes para contextualizar essa dificuldade. A primeira etapa para o controle de esfíncteres é o aprendizado do "segurar", para, depois, o de "liberar". O tempo limite para controle é de 4 anos para cocô, e de 5 anos para xixi; então, tente não se preocupar: cada um tem o seu tempo. Adultos demonstrando ansiedade nessa fase deixam crianças mais angustiadas.

      A partir do momento em que o treinamento iniciou, não pode voltar a usar a fralda; após as principais refeições, aumenta as chances de sucesso.

      Excluir
  101. Olá Brunno,tenho uma filha de 2 anos e sei que ela está fisicamente preparada para o desfralde.Ela entende pra que serve o penico e o vaso sanitário,mas não consigo fazer com que ela sente mesmo de roupa.Tentaram iniciar o desfralde creche, não sei como foi feito,só me disseram que no 1° dia ela se sentou no vaso infantil,mas não fez xixi nem cocô.A partir do 2°dia ela fez escândalo ao leva-la no banheiro. Ela demonstra medo e estresse ao falar do assunto. Não sei mas o que fazer. Por favor me ajude.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mônica.

      Converse com a escola para esclarecer a forma como conseguiram colocá-la no vaso infantil; eu gosto do uso de adaptador de vaso sanitário e apoio para os pés não ficarem "pendurados".

      No link http://www.psiquiatriaepediatria.com/2012/12/ensinar-usar-o-penico-e-largar-as.html ,faço análise crítica da postagem das discussões acima. Sugiro a leitura da mesma, além de marcar consulta com o pediatra da sua filha. Tensão dos pais para que haja êxito no desfralde atrapalha; o colega médico, tendo uma conversa com sua garota, poderá detectar as tensões do imaginário, e avaliar o grau de maturidade. Reitero que, na idade atual de sua filha, ainda é aceitável que haja dificuldade para o desfralde.

      Excluir
  102. Oi Bruno,
    Quais livros você me indica? Minha filha adora livrinhos, ja comprei "A hora do penico para meninas" Mas não foi muito convincente para ela... Queria algum que contasse alguma historia.. de algum personagem que foi crescendo e começou a utilizar o banheiro e tal... Mas não encontro nada nas livrarias, e as pessoas tambem nao sabem indicar algum titulo.
    Obrigada pelo post, já li todinho, vou assistir ao vídeo.

    Thalita

    ResponderExcluir
  103. Olá, Thalita.

    Um bom livro (apesar de gosto por determinada leitura ser individual) é o "Tirar a Fralda Sem Choro e Sem Trauma", de Paula Kelly e Penny Warner Penny, editora Ground, 1a. edição (2008). Há outras opções de livros - use a frase "LIVRO PENICO" em algum buscador.

    ResponderExcluir
  104. Oi Bruno,
    Tenho uma filha de 4 anos e 10 meses, desde que tiramos a fralda, por volta dos 3 anos, ela não consegue fazer cocô no vaso sanitário. Durante algum tempo ela ainda fazia normalmente na calcinha, só que, como começamos a brigar um pouco com ela, começou a segurar. Ela segura o cocô o dia inteiro. Percebemos que não tem constipação, o problema é que ela segura mesmo! Quanto ao xixi, não há problemas, ela fz normalmente no vaso sanitário. O meu marido é muito ansioso quanto a isso, e passa toda carga de ansiedade para ela. Estou muito preocupada, pois estamos tentando várias coisas e não tá dando resultado, já tentei a recompensa com adesivos, após o jantar fico com ela no banheiro, conto histórias e nada, depois e só sair do banheiro que ela começa a se segurar e sujar as calcinhas. Por favor, me dê uma luz... Obrigada. Márcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Márcia.

      Há histórico de treinamento inadequado para controle de esfíncteres, a despeito da boa vontade da família. Adultos demonstrando angústia, incluindo broncas, não cabe para a situação. Você e seu esposo devem agendar consulta com o pediatra responsável para relatar as dificuldades. Caso haja persistência do quadro, sugiro avaliação por psiquiatra da infância e da adolescência.

      Sugestão imediata: digam à garota que vocês não brigarão mais com ela, e que ela conseguirá ir ao banheiro sem qualquer dificuldade. Também, sugiro que leiam a postagem "Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA", de dez/2012.

      Excluir
  105. Olá eu me chamo Pamela tenho uma menina de 2 anos e 7 meses estou desfraldando porem de noite ela dorme sem fralda e acorda sequinha mais de dia ela só pede para ir ao banheiro depois que faz na calcinha não sei o que fazer ...obrigada bjos

    ResponderExcluir
  106. Olá Bruno...tenho um filho de 1 ano e 5 meses e comecei neste mês a incentivar ele a fazer xixi no piniquinho, mas ele chora muito e sente aparentemente medo....o que posso fazer para ajuda-lo a perder o medo?
    Rosi

    ResponderExcluir
  107. Olá bruno aqui quem escreve é uma mãe desesperada,pois tenho um filhinho de dois anos e nove meses,que segura para não fazer coco,já fiz de tudo,ele só se borra,mas ao ir ao peniquinho ele pula e pula para passar a vontade,dai fica quase dois dias sem defecar,tudo começou quando mais pequenino ficava com o coco duro,algumas vezes doía muito para sair,acho que ele deve ter ficado com uma impressão ruim,para hoje não querer fazer,por favor preciso de ajuda.obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Simone. Sugiro que você marque consulta com o pediatra do seu garoto para descartar lesão em região perianal devido a fezes ressecadas (estas, geralmente, decorrem de alimentação inadequada - excesso de leite, por exemplo). A forma como foi iniciado o treinamento também deve ser reavaliado com o colega médico.

      Se seu filho tiver experiência de evacuações sem dor, aumentarão as chances de sucesso. Sem resolver essa etapa, o treinamento de esfíncteres ficará prejudicado.

      Excluir
  108. olá bruno , tenho uma amiga q tem um filho com 7 anos e ele só faz coco se colocar a frauda nele, ela já o levou no psicologo, mas não obteve solução ele até prometeu para ela q no aniversário dele ele iria fazer no vaso ,e ele sabe da angustia dela por isso e até tenta fazer no vaso mas ele diz ele não conseguir.nós ajude ela fica desesperada com a situação shirley.

    ResponderExcluir
  109. Olá, Shirley.

    O garoto deverá ser avaliado, urgentemente, por pediatra. Se o colega suspeitar de questões emocionais e/ou comportamentais que possam justificar a incapacidade de usar o vaso sanitário aos 7 anos, uma avaliação com psiquiatra da infância e da adolescência será fundamental.

    ResponderExcluir
  110. tenho um filho de 2 anos 5 meses comecei a tirar da fralda comecei ensinando a fazer o xixi sentado porque muita vezes ele não sabia se era xixi ou coco por isso resolvi começar a ensinalo sentado so que agora ele não aceita fazer em pe já não sei mais o que fazer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que é uma questão de tempo para que ele aprenda; permita que seu filho presencie algum homem da família (pai ou irmão) usar o vaso sanitário em pé. Demonstrar angústia atrapalha a superação dessa fase.

      Excluir
  111. Boa noite Dr Bruno, preciso muito da sua ajuda meu filho tem 3 anos e 11 meses e não consegue fazer coco no vaso. Quando da vontade ele segura e só consegue fazer com laxante e na fralda. Eu ja dei para ele lactolose por um ano a mando do pediatra, estou dando agora leite de magnésia e farinha de linhaça, mas mesmo assim ele fica uma semana segurando só consegue fazer quando toma o laxante. Eu acho que ele não é ressecado pois quando dou o laxante ele faz bastante e é pastosa. Ja comprei troninho, converso muito com ele mas não adianta, gostaria muito que o senhor me desse uma dica .Ja inscrevi ele para passar em um psicólogo mas estou aguardando a chamada. O xixi ele faz no vaso e dorme sem fralda quando não esta querendo fazer coco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Maria de Fátima.

      A avaliação com pediatra para que ele esclareça se seu filho é "ressecado" (constipado) ou não é importante. Sugiro que você leia toda a postagem acima. Se houver uma base psíquica que esteja atrapalhando, sugiro avaliação com psiquiatra da infância e da adolescência, mas, antes, peça a opinião do pediatra.

      Sugestão: a partir do momento em que a fralda é tirada para o treinamento, seu filho deverá usar apenas a cueca. Também, uma dieta adequada (sem refrigerantes / leite em excesso / doces) colaborará para uma futura suspensão de laxantes.

      Excluir
    2. Boa noite Dr, tenho um filho de 5 anos que desde que deixou as fraldas vem, regularmente (não sempre), sujando a cueca. Ele não faz o cocô propriamente dito na cueca ele somente a suja e depois ele vai ao banheiro terminar o que começou. Sempre identificamos que ele quer fazer cocô, pois ele começa a dancinha típica que mostra que ele está segurando, mas ele nunca quer parar o que está fazendo, então temos que mandá-lo ir ao banheiro. Ele nunca teve intestino preso, na verdade o intestino dele trabalha muito bem, o único problema é que suas fezes são explosivas e por isto estou fazendo acompanhamento com a gastro infantil para tentarmos descobrir o que ele tem. Ele já fez vários tipos de exames de fezes, e sangue, além da do exame para constatar se ele tem intolerância a lactose. Sempre achei que ele tivesse alguma intolerância à lactose, pois quando come iorgute ou leite fermentado suas fezes ficaram muito mais explosivas. A questão toda é que nas férias ele não sujou a cueca, a não ser na véspera de nossa viajem que ficou ansioso, e agora que ele retornou à escola, nos últimos dois dias ele “borrou” a cueca novamente. Eu estou começando a achar que tem haver com a ansiedade, será que é possível?? È importante ressaltar que ele não tem e nunca teve cólicas, como acontece na colite. Não sei mais o que pensar....

      Excluir
    3. Olá, Sara.

      O fato do seu garoto não apresentar fezes de consistência endurecida já afasta, a princípio, constipação. Ele não querer parar o que está fazendo até que suje a cueca, mesmo vocês reconhecendo o "ritual" pré-evacuação, deve ser conversado com o pediatra. Evacuações fora do seu local correto (involuntária ou voluntariamente), se forem frequentes (pelo menos 2 vezes por semana), por, pelo menos, 2 meses, a partir dos 5 anos de idade, requer avaliação.

      Intolerância à lactose provoca outros sintomas além de evacuações "explosivas", mas, como seu filho já está em acompanhamento, o colega definirá se há relação. Finalizando, caso haja preocupação, por parte do pediatra e/ou dos pais em relação a questões comportamentais/emocionais, procure a opinião de um psiquiatra da infância e da adolescência para que ele descarte problemas mais preocupantes.

      Excluir
  112. Bruno, boa tarde!
    Acredito que não seja muito o foco do que esta sendo tratado, mas estranhei o comportamento da minha filha, ela tem 4 anos e fazia o xixi e o coco normalmente em casa e fora, sem problema algum, há coisa de umas duas semanas saímos para passear e observamos que ela estava querendo ir ao banheiro, a minha esposa a levou e ela se recusou a fazer o xixi, entendemos que ela poderia ter estranhado o local e resistido, mas essa semana aconteceu novamente. O poderia ser ou o que seria mais indicado neste caso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rodrigo.

      Opinando à distância, a princípio, não parece ser algum problema. Seria mais prudente conversar com o pediatra que a acompanha para deixá-lo mais tranquilo. Pergunte à sua garota, gentilmente, acerca do porquê da recusa de ir ao banheiro.

      Excluir
    2. Obrigado Brunno !

      Vou conversar com ela e na próxima visita ao pediatra farei a observação.

      Excelente e atencioso trabalho !

      Excluir
  113. Ola Bruno,

    Mu nome é andreza, tenho um filho de 2 anos e 7 meses, em casa, na casa da avo e do pai ele ja faz xixi e coco no vaso sanitario e ate am alguns lugares ele ja n usa mais fralda. Esse ano ele começou a ir para escola, mas ja frequentou hotelzinho desde 1 ano e 5 meses, la ele so faz xixi e coco na cueca. Converso bastante com ele para pedir a tia, sem força nada. O q devo fazer, mando ele de fralda ou deixo ele sem fralda msm?

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  114. Olá, Andreza.

    A partir do momento que você resolve tirar as fraldas, exceto no início do treinamento à noite, deixe seu garoto apenas com cueca. A leitura da postagem atualizada (vide as mais recentes do blog) dará mais segurança para ti, também.

    ResponderExcluir
  115. Olá Brunno, meu filho irá fazer 4 anos agora dia 08 e tenho um problema muito sério, ele não quer sentar para fazer coco. Comprei redutor e pinico, mas não tem jeito, ele faz coco na cueca, deixa eu limpar o bumbum sentadinho no vaso, mas fazer não. Ele se esconde, se espreme e trava a bundinha, diz que dói e não senta. Não sei mais como agir, que posso fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kathia,

      Favor ler a análise crítica sobre treinamento de uso do penico, neste blog (postagem do dia 19/12/2012); é uma forma de você comparar as técnicas utilizadas por ti com as do texto. Após, marque consulta com o pediatra responsável pelo acompanhamento para descartar algum problema clínico (constipação, por exemplo), já que seu garoto se queixa de dor ao evacuar).

      Excluir
  116. Para fazer com que meu filho de 3 anos não faça xixi na cama a noite, sem o uso de fralda, é correto deixar ele molhado para perceber que não deve fazer na cama ou o melhor é acordar ele e levar ao banheiro

    ResponderExcluir
  117. Seu garoto pode interpretar a permanência da roupa de cama / cueca molhadas como uma "punição". É melhor trocá-lo assim que perceber que o xixi não foi controlado, acordando-o e levando-o ao banheiro.

    Sugiro, também, a leitura atualizada da postagem sobre controle de esfíncteres: http://www.psiquiatriaepediatria.com/2012/12/ensinar-usar-o-penico-e-largar-as.html.

    ResponderExcluir
  118. Olá Dr. Bruno! Tenho uma filha com 5 anos e meio que não consegue fazer cocô no vaso sanitário nem no penico. Ela tem fezes secas e toma óleo mineral passado pela pediatra. Faz xixi no banheiro ïnormalmente e já não usa fralda a noite pra dormir.Está sendo acompanhada por psicóloga, mas ainda usa a calcinha pra evacuar. Estou aflita.Se eu tento proibí-la de fazer cocô na
    calcinha ela prende as fezes e não consegue usar o vaso. Me ajude por favor.Agradeço desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      À distância, tentarei entender melhor a situação da sua garota:
      -Eliminação repetida de fezes em local inapropriado (calcinha) - voluntária ou involuntariamente?
      -Duração dessa situação ≥ 3 meses.
      -Idade cronológica ≥ 4 anos - a idade mental da sua filha é compatível com a idade cronológica?
      -Além da constipação (fezes "ressecadas"), há alguma condição médica associada (investigada pelo pediatra)?
      -O acompanhamento psicológico ocorre exclusivamente pelas evacuações na calcinha?

      Sugiro que você procure o pediatra de sua criança e esclareça com o colega sobre a possibilidade de uma condição denominada ENCOPRESE. Quanto aos componentes psíquicos que podem estar envolvidos, se o pediatra concordar, aqueles devem ser avaliados por um psiquiatra da infância e da adolescência (em parceria com a psicóloga).

      Excluir
  119. Olá! Um filho de um amigo, de 5 anos, só faz as fezes com fralda. Ele avisa e pede a fralda, mas se recusa a ir ao banheiro. Chegou a ficar 4 dias sem evacuar, e devido a muita reclamação de dores o pai colocou a fralda. Os pais se separaram quando ele tinha 4 anos . a criança, praticamente é criado pela avó paterna. O que podemos fazer para ajudá-lo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Juliana. Desculpe-me pela demora para responder.

      Seguindo o raciocínio da última resposta dada por mim, acima:
      -Eliminação repetida de fezes em local inapropriado (ou seja, o vaso sanitário ou penico não são utilizados), independentemente de ocorrer voluntária ou involuntariamente
      -Duração dessa situação ≥ 3 meses
      -Idade cronológica ≥ 4 anos - a idade mental do garoto é compatível com a idade cronológica?
      -Possibilidade de haver constipação (fezes "ressecadas")
      -Descarte de alguma condição médica associada (investigada pelo pediatra)

      A condição apresentada pelo garoto, provavelmente, é a ENCOPRESE; porém, à distância, uma convicção não é possível. Eu agendaria avaliação com o pediatra do garoto e, dependendo das questões emocionais vivenciados por ele, encaminhamento posterior para o psiquiatra da infância e da adolescência, especialidade capaz de descartar ou confirmar alguma condição psíquica que possa contribuir para as dificuldades da criança.

      Excluir
  120. Olá Dr. Bruno... tenho uma filha de 3 anos e meio que faz cocô na roupa todos os dias. O xixi ela já pede pra fazer normalmente e faz no vaso com o redutor, mas o cocô ela se esconde atrás da porta, embaixo da mesa pra fazer... Já tentei repreender, dar recompensas, mas até agora nada. Fazem 06 meses que estamos na luta pra fazer com que ela faça cocô no banheiro. Pergunta: devo colocar a fralda e deixar que ela faça ou coloco ela no peniquinho???? Ficarei muito agradecida pela sua ajuda.

    ResponderExcluir
  121. Olá, Patrícia.

    Inicialmente, sugiro que você leia, atentamente, postagem atualizada que fiz sobre o assunto no dia 19 de dezembro de 2012 (Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA).

    Até os 3 anos, ainda é aceitável que sua filha não controle o local onde fazer as evacuações. Porém, a partir do momento que você iniciar o treinamento "pra valer", o uso da fralda não será mais aceitável - apenas calcinha. Nunca utilize broncas ou impaciência como estratégias para tal treinamento.

    Converse com o pediatra da sua garota sobre suas dificuldades.

    ResponderExcluir
  122. E com relação a crianção que inicia o treinamento, tem muitos momentos de sucesso e mais ainda de acidentes, considerando que tem um irmaozinho de colo? Meu filho tem 1 ano e 10 meses e o irmão dele tem 6 meses, o primeiro xixi e coco é certo no penico com o nosso convite, mas os proximos q não conseguimos ficar tao vigilantes qse sempre vem na roupa, principalmente o xixi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escapes são comuns na fase de treinamento. Nem sempre, tais dificuldades ocorrem devido à influência do irmão caçula. Sugiro a leitura da postagem atualizada sobre o assunto, na primeira página do blog (19 de dezembro de 2012).

      Excluir
  123. Ela sente-se mal com o incomodo de fazer coco na calcinha mas muitas vezes porque esta brincando não quer trocar a roupa ela não quer comer verduras e legumes para ter uma dieta rica em fibras para o seu intestino funcionar melhor. Ela deixou a fralda aos 1 aninhos e 1 mês só que agora voltou a ficar um pouco sujinha e depois vai ao banheiro para fazer o restante estou notando que ela esta um pouco ansiosa e quando esta com outras crianças voltou a imitar o que as demais fazem, ela é inteligente mas as crianças acabam por manipular as brincadeiras e ela acaba aceitando. O que devo fazer: ela esta regredindo, será que foi a mudança de Estado, será a escola, peço orientações? Agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe-me, mas não entendi suas colocações: são complemento de alguma postagem sua, anteriormente?

      Excluir
  124. Olá Dr Bruno
    Preciso de ajuda, meu filho tem 3anos e 1 mês e não consigo fazer o desfralde, já fiz 3 tentativas sem êxito e na última ele precisou ser hospitalizado pra a fazer uma sondagem por ter ficado mais de 14horas sem urinar, ele se contorce, chora, pega no pinto mas não urina. Tenho mais dificuldade ainda porque a oralidade dele é pouco desenvolvida, ele tem entendimento total mas não pede quase nada, aponta tudo. Enfim, mesmo com essa idade ele não X SEF fazer xixi nem cocô sem a fralda, o pediatra me indicou procurar um psicólogo até já marquei consulta mas não sei bem como ele pode ajudar meu filho nisso, fico pensando se pode ser alguma patologia associada, mas ele não chora quando urina e a frequência é normal. Enfim, estou perdidinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marta.

      Se o colega pediatra sugeriu avaliação com profissional de saúde mental, a princípio, ele não encontrou indícios clínicos que justificassem a dificuldade para fazer xixi e cocô em local adequado. Hospitalização para sondagem e atraso na fala têm que ser avaliados, no meu entendimento, por médico psiquiatra da infância e da adolescência, visto que a psicologia, área importantíssima para suporte em saúde mental, não é suficiente para confirmar ou descartar uma eventual patologia psíquica - essa é uma função médica.

      Excluir
  125. Olá, meu filho tem 4 anos e 8 meses e já sabe fazer xixi no vaso durante o dia e anoite já dorme sem fraudas. Já o coco ele tem feito na calça, geralmente se esconde e quando o levo ao banheiro ele segura e não faz. As vezes prefiro q faça na calça do que fique dias sem fazer.
    Me ajude.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para controle do cocô, seu garoto já passou do tempo limite (até completar 4 anos); para o xixi, ainda é possível "aguardar" até os 5 anos.

      Nesse blog, há postagem atualizada que fiz sobre o assunto no dia 19 de dezembro de 2012 (Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA). Favor lê-lo e, após, marque consulta com o pediatra para conversar a respeito das dificuldades do seu filho; uma avaliação clínica com o colega descartará fissuras anais secundárias a constipação ("ressecado") ou outros problemas clínicos (incluindo erro alimentar).


      Excluir
  126. Olá Brunno, meu filho tem 3 anos e meio e não consigo convencê-lo de fazer cocô no tronhinho dele, xixi ele faz tranquilo, quando quer fazer cocô ele se esconde e faz na cueca ou faz a noite quando coloco a fralda.Outra coisa que atrapalha é que tenho que colocar fralda pra ele ir a escola sendo que em casa ele passa o dia de cueca.

    ResponderExcluir
  127. Olá, Mylla.

    Colocar fraldas para ir à escola e deixa-lo de cueca na residência não são atitudes adequadas. Reveja, com o pediatra, as técnicas de desfralde utilizadas por ti. A exemplo do que oriento em outras postagens, sugiro a leitura de postagem mais atualizada, nesse blog, no dia 19 de dezembro de 2012: Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA.

    Use filmes educativos, cujos links podem ser acessados na postagem citada acima. Mas, como até os 4 anos a falta de controle para evacuações não é um problema (a princípio), marque consulta com o pediatra do seu garoto.

    ResponderExcluir
  128. Brunno, minha filha tem 3 anos e 9 meses e não quer largar a fralda. Ela diz que é muito pequena e tem medo de ficar sem fralda. Eu a levo ao wc, ela urina na maioria das vezes e depois pede para por a fralda novamente. Defecar nunca consegui que ela fizesse no vaso. Duas vezes eu tirei a fralda dela de uma vez e ela segurou tanto a urina que teve infecção urinária, na última vez chegou a ser internada de tão grave. Não sei o que posso fazer, ela precisa começar a frequentar a escola, mas eles não aceitam uma criança tão grande ainda de fraldas. O ped dela diz que não há problema fisiológico e que ela vai sair da fralda quando se sentir pronta. Gostaria de uma opinião sua. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luna.

      Se o pediatra descartar qualquer problema clínico, e se você não detectar erro nas técnicas do desfralde (vide postagem mais atualizada sobre o assunto - 19/dezembro/2012 [Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA]), você terá que pedir um parecer de profissional da área de saúde mental (preferencialmente, psiquiatra da infância e da adolescência).

      Lembro que, até completar 4 anos (cocô) / 5 anos (xixi), é aceitável que criança não tenha adquirido controle de esfíncteres.

      Excluir
  129. me ajude, meu filho faz de tudo para nao ir ao banheiro fazer coco ou xixi nao aguento mais isso ele diz que nao gosta pq os amiguinhos deles nao fazem mais xixi nem coco na fraldinha. ele me chama mas quaco eu estou levando ele pronto ele se borra
    de xixi e coco. ele ja tem 8 anos mais nao vai ao banheiro so e isso e ruim para o aprendizado dele. eu colo 4 cuecas reservas na mochila deleME AJUDE PFV ALICE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Alice.

      Há a possibilidade do seu garoto apresentar as condições denominadas "encoprese" (falta de controle do cocô após completar 4 anos de vida) e "enurese (falta de controle do xixi após 5 anos).

      A exemplo do sugerido em outras postagens, se o pediatra descartar qualquer problema clínico, e se você não detectar erro nas técnicas do desfralde (vide postagem mais atualizada sobre o assunto - 19/dezembro/2012 [Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA]), você terá que pedir um parecer de profissional da área de saúde mental (preferencialmente, psiquiatra da infância e da adolescência).

      Excluir
  130. Retirei as fraldas da minha filha de 2 anos e 7 meses aproximadamente 45 dias, ela não faz mais coco na roupa, mas o xixi regrediu bastante, são raras as vezes que faz no peniquinho, e normal isto? O que devo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O controle do xixi pode demorar até sua filha completar 5 anos, não sendo, de acordo com sua descrição acima, um caso aparente que remeta a um "problema". Dê uma lida na postagem mais atualizada sobre o assunto - 19/dezembro/2012 (Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA). Marque uma consulta com o pediatra responsável e tire suas dúvidas sobre o treinamento feito por ti; o colega também avaliará a possibilidade de algum problema clínico que esteja prejudicando o controle do xixi.

      Excluir
  131. Minha filha tem 11 anos, já tentamos todos os recursos conhecíamos na tentativa de curar dessa doenças não achamos jeito de fazer parar já fica alguns dias ou semanas sem sujar depois volta tudo de novo peço ajuda algum caminho possamos ajuda-la de alguma forma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu entendi corretamente suas colocações, você quis dizer que ela tem ENCOPRESE? Devido à idade, sugiro a ti que procure avaliação com médico psiquiatra da infância e da adolescência urgentemente, para descartar (ou confirmar) a condição. Antes, marque consulta com o pediatra do consultório para que o colega médico descarte problemas que não tenham embasamento psíquico.

      Excluir
  132. Boa noite Dr.

    Estou com um pequeno problema em casa....eu e minha esposa comemorávamos o fato de nossa filha de 2 anos e 9 meses ter conseguido largar a fralda...ela mesma pedia para ir ao banheiro e fazia suas necessidades tranquilamente...depois colocamos ela na escolinha...e tudo continuou ocorrendo bem...la também ela pedia as professoras para ir ao banheiro...até um dia em que a professora informou na saída que ela ficou o dia todo sem querer ir ao banheiro se segurando...quando chegamos em casa ela fez xixi nas calças...e sentia dores ao fazer....levamos à pediatra que constatou uma leve assadura que provavelmente era a causa da ardência ao urinar...a qual tratamos com uma pomada receitada pela medica...a assadura se foi...achamos que ela voltaria a querer fazer xixi no vaso novamente mas desde daquele dia ela foge e chora quando tentamos levá-la..e ou faz nas calças ou pede pra colocar fralda...mas para fazer cocô ela faz normalmente no vaso.....estamos preocupados com isso visto que parece ser um problema comportamental....pedimos seus conselhos...grato desde já...Att Bruno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruno.

      A urina, ao ter contato com a assadura na região genital, provavelmente, provocou "medo" de uma experiência negativa na hora de urinar. Sugiro que marque nova consulta com o pediatra que a acompanha no dia-a-dia; como já houve controle do xixi anteriormente, o mesmo ocorrerá novamente. Você e sua esposa não devem demonstrar angústia na hora em que sugerem o uso do vaso sanitário.

      À distância, aparentemente, não parece se tratar de problema comportamental, mas, o pediatra poderá tranquiliza-lo pessoalmente.

      Excluir
  133. olá td bem?eu tenho um menino de 3 anos e não consigo tirar das fraldas,quando tá sem ele segura,mas tbm não sabe me falar quando faz xixi,o que será obrigadoo cris.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cris.

      Sugiro a leitura atualizada sobre o tema nesse blog, no dia 19/dezembro/2012 (Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA). Reavaliar se há algum erro nas técnicas para ensinar seu garoto, se há alguma dificuldade de entendimento de informações, descartar problemas clínicos, só em avaliação presencial. Procure o pediatra do seu garoto para esclarecimentos adicionais.

      Excluir
  134. olá gostaria de saber o que posso fazer para meu filho de 3 anos,ele não quer sair das fraldas,deixo ele sem na parte da manhã, mas ele não faz segura,não sei mas o que fazer,ta me dando muito trabalho,ele não entende a hora que da vontade o que faço por favor ,obrigadoo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      Favor ler a resposta à postagem acima. Acrescento que, até completar 4 anos (controle do cocô) / 5 anos (controle do xixi), não é anormal a dificuldade relatada por ti. Mas, apenas após avaliação do pediatra, você chegará às respostas.

      Excluir
  135. Oie meu filho tem 3 anos 9 meses durante o dia fica de cuequinha faz xixi no banheiro certinho mais o coco nao! Ele intende oque eh xixi e oque eh coco e fala q quer fazer coco quando levo ele no banheiro ele senta fica um tempo de 5 minutos nao faz nada depois q sai do banheiro faz na roupa :/ e ano q vem ele vai pra escolinha ainda! Desde jah obrigada!!!
    bjus
    Angelica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Angélica.

      Além de conversar com o pediatra do seu garoto sobre a dificuldade dele em evacuar no vaso sanitário, acesse a leitura atualizada sobre o tema nesse blog, no dia 19/dezembro/2012 (Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA). Nele, há dois vídeos que você poderia mostrar à criança durante o período de evacuação (3 vezes ao dia, por 5 minutos, após as principais refeições).

      Excluir
  136. Olá Dr. Brunno,
    Gostaria de saber como ajudar o meu filho a aprender a ir ao banheiro de noite. O meu filho está com 4 anos e todas as noites eu ajusto o despertador para meia-noite e 3:00 horas da manhã. Levo o meu filho ainda dormindo no banheiro para fazer xixi. Eu levo o meu filho no colo até o banheiro, ele não acorda, mas faz o xixi. Se eu não fizer isso, ele faz xixi na cama, pois tem o sono muito pesado. Durante o dia, ele não tem problemas em ir ao banheiro. Gostaria de uma orientação. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como seu filho apresenta escapes urinários apenas no período noturno, há chances do mesmo possuir uma condição denominada ENURESE NOTURNA. Se for o caso do seu garoto, até completar 5 anos, ainda não pode ser considerada uma condição patológica.

      Uma investigação com o pediatra da criança para descartar possíveis causas orgânicas. Mas, se o escape urinário ocorrer apenas uma vez por noite, sem diurese anormal durante o dia, provavelmente, não haverá nada a ser diagnosticado.

      Se seu garoto tem sono muito "pesado", uma alternativa seria o uso de alarme de enurese; há opções sonoras e vibráteis. Esse método depende muito da motivação da criança, e esta deve apresentar capacidade de compreender e de funcionamento do aparelho.

      Se o pediatra indicar acompanhamento por um nefrologista pediátrico, siga a orientação. O especialista no assunto trará mais tranquilidade para a família.

      Excluir
  137. Olá boa tarde,gostaria de tirar uma duvida que eu já não sei mais oq fazer,meu filho tem 2anos e 2mese e e a 5meses ele já pede pra fazer xixi e cocô,normalmente,o que me deixa intrigada é que tem meses que eu tirei a fralda do dia,só que quando saímos ele não pede pra fazer xixi,até o coco que é mais complicado ele pede em qualquer situação em casa ou na rua.mais já o xixi é diferente em casa ele pede tranquilo todas a vezes que for necessário,mais na rua ou seja na casa da vô qualquer lugar que não seja em casa ele não pede,e o mais estranho é que ele não esboça nenhuma reação,não fala nada quando vejo ele já está todo molhado ou até mesmo eu vejo o xixi saindo ele continua brincando como se nem estivesse sentido.e por conta disso tenho que colocar a fralda pra sair,oq os pediatras discorda pq se é pra tirar tem que ser de uma vez,mais como lidar com isso?em casa pede na rua não! será distração demais?me ajude.desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jaci.

      Concordo com o colega pediatra: tirou a fralda, não deverá haver volta. Porém, seu garoto ainda é bem jovem; até os 5 anos, é aceitável que adquira controle do xixi em qualquer ambiente, considerando que o pediatra não detectou algum problema de saúde.

      Ofereça o banheiro de familiares, inicialmente, mesmo que ele não tenha vontade. Observe se ele evita banheiro fora de casa para o xixi por timidez; é comum ocorrer e, geralmente, melhora com o passar do tempo.

      Excluir
  138. Olá, minha filha tem 2 anos e 8 meses. Em outubro comecei o desfralde efetivamente e ela se saiu muito bem. Primeiro controlou as fezes, em duas semanas o xixi no vaso (ou penico quando não consegue relaxar no vaso) sem escapes, nem em passeios. Porém, ela ainda tem escapes na creche. Ela fica 6h lá, e tem dias que urina 3 vezes na roupa (acho que por transbordamento). Já aconteceu de quando chegar no portão do nosso prédio ela perder a urina. Ela me diz claramente que não quer ir no banheiro da escola, só em casa. Antes ela ainda dizia que ia com duas tias especificas. E na creche ela diz que só vai "se for com a mamãe". Não sei o que fazer. Já conversei e ainda converso com ela, mas ela abaixa a cabeça e demonstra tristeza. Ela é introvertida, mas muito querida e "xodozinho" na creche onde está desde os 5 meses.
    Ela não vai somente comigo ao banheiro, vai com o pai e já foi com a madrinha também.
    Como posso ajuda-la?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carolina.

      Com menos de 4 anos, é normal que sua filha ainda não apresente controle total do controle dos esfíncteres. Porém, se consegue ir a banheiro para o xixi e para o cocô em sua casa, e não consegue na escola, pode ser indício de que ela ainda não se sente segura com a professoras. Se for esse o caso, o tempo resolverá. O melhor que você poderá fazer pela garota, analisando à distância, é continuar conversando (e nunca pressioná-la).

      Converse com o pediatra responsável para que o colega descarte erros no treinamento de esfíncteres, além de questões comportamentais (incluindo a "introspecção").

      Excluir
  139. Olá Doutor! Meu filho tem 2 anos e 8 meses já faz 3 meses que estou tentando tirar ele das fraldas o xixi estou conseguindo bons resultados ele pede em casa na escola um graça. Eu elogio dou Beijo ele fica todo feliz. Mas o cocô ele não faz nem no pinico na patente fala que não consegue só faz na cueca em pé não consegue nem se agachar para fazer.Sinto q ele tem vontade mais fala que tem medo do cocô e nojo.um desespero...Estou triste me sinto péssima me ajuda doutor...Desde já obrigada Sandra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sandra.

      Tudo no seu devido tempo. Marque uma consulta com o pediatra que acompanha seu garoto e converse sobre suas angústias; não há razão, a princípio, para você se sentir mal pela dificuldade que uma criança com menos de três anos está apresentando.

      Descarte, com o colega, erros no treinamento de esfíncteres. Experimente o uso de um dos vídeos que postei no blog (19 de dezembro de 2012 - "Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA"). Quem sabe, ele relaxado, não consiga fazer? O do tigre, mesmo sendo em japonês, é interessante, porque a linguagem corporal fala por si só.

      Excluir
  140. Boa noite tenho uma menina de 2 anos que desde que começou o desfralde diz quando vai dormir que quer fazer xixi na hora de dormir a levo ao banheiro e não faz nada. O que faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Emerson.

      Essa dificuldade inicial faz parte do processo de aprendizado do controle de esfíncteres. Por enquanto, resta a você ter paciência e aguardar o dia em que ela conseguirá fazer após afirmar que sente vontade de fazer xixi. Converse com o pediatra da criança a respeito.

      Excluir
  141. Olá Bruno,
    Minha filha fará 3 anos agora dia 17 de março e ainda não saiu das fraldas. Em casa deixo ela de calcinha e quando ela quer fazer xixi, pede e eu a levo para o vaso, mas ela nao faz xixi no vaso, so consegue fazer no box.
    No colégio como ela está saindo das fraldas, quando ela fica de calcinha não pede para ir fazer xixi, mas a professora a leva, mas ela não faz no vaso, e assim que a professora a troca, ela faz xixi na calcinha, chega a trocar quatro vezes no colégio, por fazer xixi na calcinha. O você acha que devo fazer? Devo não permitir que ela faça no box?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugiro que você reveja o treinamento de esfíncteres com o pediatra, mas, posso dar algumas sugestões:
      -Leia postagem atualizada sobre o tema no blog (19 de dezembro de 2012 - "Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA").
      -Evite que a criança use o box para fazer xixi; é um ótimo momento para colocá-la no vaso sanitário (com adaptador) e, com o auxílio de um dos vídeos disponibilizados na postagem sugerida acima (o do tigre é o melhor), tente transformar essa transição em diversão.

      Lembro que, até completar 5 anos, ainda é aceitável dificuldade para controle dos esfíncteres.

      Excluir
  142. Olá Bruno,
    Minha filha fará dia 20/03/2015 5 anos, e quando ainda era menor sofreu muito com problema de intestino preguiçoso, de forma que com 1,4 anos de idade começou a fazer tratamento com POLIETILENOGLICOL 4000, que tem a função de não deixar as fezes ressecar.

    Sempre foi muito difícil para ela afastar o medo em fazer cocô - que remete as lembranças de dor que ela passou.

    De dezembro até hoje ela suja diariamente, e mais de 2 vezes a calcinha com cocô. Não tem controle nenhum, de forma que pode estar em qualquer lugar e tal fato pode ocorrer, inclusive já aconteceu a noite dormindo.
    Ela firma o pé em não ir fazer cocô no vaso, de forma que as vez por segurar muito sua mãe alivia ela concordando com o fazer na calcinha.

    As variáveis de diagnostico para encoprese bate com ela, porém não encontrei profissional para este caso aqui em Belo Horizonte.

    Ajude-me por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luciano.

      De acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico dos Transtornos Mentais (DSM-5), os critérios diagnósticos para encoprese são:
      -Eliminação intestinal repetitiva de fezes em locais inapropriados, voluntária ou involuntariamente.
      -Frequência - pelo menos um evento por mês, durante, no mínimo, 3 meses.
      -Idade cronológica mínima - 4 anos (ou idade de desenvolvimento equivalente).
      -Exceto constipação, o comportamento não é atribuível aos efeitos fisiológicos de uma substância (laxantes) ou a outra condição médica.

      Então, após uma consulta com o pediatra e a leitura atenta da postagem mais atualizada sobre o tema (vide primeira página), busque auxílio de psiquiatra da infância e da adolescência. No blog da colega Ana Hounie (http://toctourette.blogspot.com.br), há lista de profissionais de todo o Brasil, incluindo Belo Horizonte).

      Excluir
  143. Olá Bruno, tenho uma filha que acabou de completar 7 anos, desfraldou com 2 anos e 3 meses por iniciativa dela. Como não ia a escola e estava sempre comigo eu estava sempre a lembrar de fazer xixi e o desfralde foi uma maravilha. Aos 3 anos começou a frequentar a escola e começou a fazer xixi na calcinha. A escola era pequena, então as professoras sempre a ajudavam a lembrar de ir ao banheiro. Ano passado ela passou a frequentar uma escola grande (está super adaptada, adora a escola, professores, tem muito amigos) e agora tem que ser independente, não tem mais quem a lembre de ir ao banheiro e todo dia volta com a calcinha molhada de xixi. Ela não chega a soltar todo o xixi, só deixa escapar um pouco para aliviar o aperto. ela diz que esquece e quando vê já vazou, diz que não queria parar de brincar, que a prof não deixou sair da sala... tem sempre uma desculpa. Eu já ignorei, já briguei, já conversei, já tentamos deixar aviso na lancheira pra tentar lembrar, já fiz quadro de premiações, já conversei com pediatras, já fez exames para descartar qualquer problema no trato urinário... não sei mais o que fazer. Detalhe é que em casa isso não acontece e nunca fez xixi na cama. Obrigada apela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      De acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico dos Transtornos Mentais (DSM-5), os critérios diagnósticos para enurese são:
      -Eliminação intestinal repetitiva de urina na cama ou na roupa, voluntária ou involuntariamente.
      -Frequência - pelo menos duas vezes por semana, durante, no mínimo, 3 meses consecutivos. Quando há sofrimento clinicamente significativo ou prejuízo no funcionamento social, acadêmico ou em outras áreas importantes da vida do indivíduo, não é necessário haver a frequência mínima supracitada.
      -Idade cronológica mínima - 5 anos (ou idade de desenvolvimento equivalente).
      -O comportamento não é atribuível aos efeitos fisiológicos de uma substância (diurético, medicamento antipsicótico) ou a outra condição médica (diabetes, epilepsia).

      Como você já levou sua filha a avaliações pediátricas, sem o encontro de causa que justificasse tal dificuldade, busque atendimento com psiquiatra da infância e da adolescência.

      Excluir
  144. Olá, boa noite,

    Gostei muito do seu artigo que encontrei ao pesquisar por procurar orientações para a minha filha que completou 3 anos este mês.

    A minha sogra cuidou dela até aos 2 anos e meio e tentou fazer o treino pouco após os 12 meses, mas a minha filha recusou sempre o bacio. Dei-lhe então indicação para não insistir e deixar de falar no assunto.

    Em Setembro do ano passado foi para o infantario e no Verão tentamos aproveitar para retirar as fraldas, mas verificanos que ela não se conseguia controlar. No Infantario também incetivaram as idas, mas sem sucesso.

    Entretanto, por iniciativa da minha filha que pediu para vestir cuecas e tirar a fralda há 7 dias, aproveitamos a oportunidade para voltar a treinar o bacio. Nos primeiros dias ela reteve bastante o xixi, mas chora bastante na hora do xixi sai (parece que esta a ter um filho como diz o pai), porque só quer fazer na fralda e entra em pânico quando o xixi sai em grande quantidade.

    Entretanto passou a fazer xixi e Cocó nas cuecas e só conseguimos que ela faca uma vez na sanita, PK vemos que ela está aflita e não a deixamos sair sem fazer.

    Que estamos a fazer mal?

    Agradeco a ajuda que puder dar.

    Bem aja!
    Sandra Lemos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sandra.

      O receio de liberar o xixi / cocô, no início do treinamento de crianças para controle de esfíncteres, é normal e comum. Porém, liberar a criança do vaso sanitário apenas após ela fazer as necessidades não é aconselhável (máximo de aproximadamente 5 minutos).

      Sugiro:
      -Após as principais refeições (café da manhã, almoço e jantar), é maior o sucesso para que a criança faça xixi e cocô. Não deixe de usar adaptador no vaso sanitário.
      -Veja a postagem atualizada, neste blog, sobre o tema ("Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA"). Nela, há dois vídeos (com links para acesso) que auxiliam durante o treinamento.

      Boa sorte!

      Excluir
  145. oi Bruno, é a primeira vez que visito seu blog e estou gostando muito. Eu tenho um filho de 2 anos e 6 meses e ja tem alguns meses que comecei a icentiva-lo a usar o pinico mais não obtive sucesso então comecei a deixa-lo de cueca e sempre falando para que ele pedisse para faxer o xixi e o coco. Para minha surpresa e direpende ele começou a pedir tanto eu como o pai fizemos a maior festa.
    Só que ele pedi para fazer o xixi e consegue fazer no vaso, mais o coco ele pedi corre para o banheiro mais não faz. Repete esse ato umas tres vezes na quarta ele faz na cueca o que faço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      Cada criança apresenta seu ritmo; para cocô, e esperado que seu garoto adquira controle até, no máximo, completar 4 anos.

      Aprender a segurar e liberar o cocô faz parte do aprendizado. Então, essa dificuldade inicial apresentada pelo seu garoto é normal. Porém, se persistir, procure o pediatra para solicitar dicas a respeito.

      Dê uma lida na postagem atualizada sobre o tema (19 de dezembro de 2012 - "Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA"). O uso de vídeo educativo enquanto a criança está no penico / vaso sanitário é bem útil; há duas opções na postagem.

      Excluir
  146. Trabalho numa escola pobre do interior. Temos uma criança de 6 anos que passa o dia na escola e não diz quando quer fazer coco. Ela foi abandonada pela mãe, primeiramente foi morar com a madrinha e logo depois com uma tia. Como podemos ajudá-la?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugiro que a escola entre em contato com o Conselho Tutelar e com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). A criança deverá ser avaliada por equipe de saúde mental (psiquiatria da infância e da adolescência, no mínimo / psicólogo), além de avaliação por fonoaudiólogo, para descartar transtornos mentais e comportamentais.

      Excluir
  147. Tenho uma filha de 3 anos e 6 meses que foi desfraldada totalmente durante as ferias escolares em casa aos 2 anos. Ela estudava em horario integral.Quando se iniciaram as aulas ela se recusava a urinar e defecar na escola. Ficava o dia todo segurando e por mts vezes passava mal e mesmo assim se segurava ao maximo. As professoras levam ela ao banheiro e a sentam no vaso. Ela nao se recusa a sentar mas nao solta a urina de forma alguma somente quando eu chego ou o pai ou a avó.Não sei mais o que fazer. Nem no banho ela faz. Fez uma unica vez e a professora veio me contar feliz e ela ficou brava e disse que nao fez.Agora parou de se alimentar tb. Apenas bebe agua na escola. Agora claro ela estuda durante a tarde e ja vai alimentada para a escola. Não sei o que fazer e não entendo a cabecinha dela. A escola é otima as tias tb.

    ResponderExcluir
  148. olá Bruno tem algum tempo que estou tentando tirar a fralda do meu filho ele tem 2 anos e 2 meses, sendo que ele faz xixi nas calças e depois pede pra fazer no penico. o cocô ele não pede só faz nas calças mesmo. tenho deixado ele só de cueca e as vezes pelado e coloco ele para ver o pai fazendo xixi, mais mesmo assim não tem adiantado . Será que devo esperar mais alguns meses para iniciar o desfraldamento novamente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Converse com o pediatra do seu filho a respeito de suas dificuldades. Sugiro que você leia a postagem atualizada, neste blog, sobre o tema ("Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA"). Nela, há dois vídeos (com links para acesso) que auxiliam durante o treinamento.

      Excluir
  149. Recusa à liberação do xixi e do cocô até que um dos familiares retorne para casa é comum, mas, não é o esperado. Parar de se alimentar na escola também está fora do esperado. Sugiro uma investigação do comportamento e do desempenho acadêmico da criança em ambiente escolar para descartar ansiedade exacerbada (medos, insegurança, sofrimento devido à distância de um ou mais familiares próximos). Também, sugiro que agende consulta com o pediatra responsável.

    Para uma investigação mais aprofundada acerca das emoções e dos comportamentos, indico avaliação com médico psiquiatra da infância e da adolescência.

    ResponderExcluir
  150. DEBORA PATRICIA DANI12 de maio de 2015 10:06

    ola bom dia gostaria de ajuda pra ensinar meu filho que vai fazer tres anos e faz coco mas calça mais xixi faiz tempo que nao faz mais pois ja tentamos de toda forma e nao obetivemos sucesso pois ele vai no vaso pede a gente leva e fala que nao tamais com vontade e sai pra fora de casa e fica 1 minuto sozinho ja faiz eu como mae me sinto pessima pois nao sei que fazer todos cobram de mim pois falam que eu nao ensino me ajude por favor
    obrigado desde ja!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Debora, tente não se sentir culpada; a priori, as mães tentam oferecer o que há de melhor para seus filhos, e nem sempre tirá-los das fraldas é tarefa simples. Converse com o pediatra do seu filho a respeito de suas dificuldades.

      Sugiro que você leia a postagem atualizada, neste blog, sobre o tema ("Ensinar a usar o penico e "largar" as fraldas - ANÁLISE CRÍTICA"). Nela, há dois vídeos (com links para acesso) que auxiliam durante o treinamento.

      Excluir
  151. Olá, meu filho tem 4 anos e ainda não saiu das fraldas. Com 2 anos e meio comecei a desfralda-lo, ele sentava no piniquinho e no vaso normalmente como qualquer criança, mas durante este processo fizemos uma viagem e foi ai que começaram os problemas, ele agora tem medo de ir ao banheiro, não senta nem no vaso nem no piniquinho, segura o xixi e o cocô o maximo que pode até reclamar de dor e não faz nem na roupa. Já tentei de tudo,muita conversa, reconpença e desde o papai noel até o coelhinho da páscoa, não sei mais o que fazer.

    ResponderExcluir